"Precisávamos de alguém para cuidar da venda e nos deixar focados nas nossas parcerias para eventos" | Mercado Pago | Projeto Draft


SPONSORS:

“Precisávamos de alguém para cuidar da venda e nos deixar focados nas nossas parcerias para eventos”

- 1 de agosto de 2018
Guilherme Cohen Feldman, CEO da Bilheteria Digital: Mais análise de risco, menos chargebacks e mais apoio "em tudo que é relacionado à venda.”

A Bilheteria Digital é uma empresa de ingressos para shows e eventos criada em 2009, mas foi há três anos que, diante dos 30% de vendas feitas pela internet, decidiu procurar uma ferramenta que diminuísse suas dores de cabeça com segurança. “Precisávamos de um parceiro que não apenas cuidasse da nossa análise de risco, que reduzisse o número de chargebacks [reclamações junto ao banco de cobranças indevidas na fatura], mas que atuasse em tudo que é relacionado à venda”, conta Guilherme Cohen Feldman, CEO da startup. “Foi quando mudamos para o Mercado Pago. Sua ferramenta passou a mapear toda a cadeia, o que tirou da gente essa preocupação com segurança e nos manteve focados no nosso trabalho.”

A executiva de conta do Mercado Pago Janaína Lopes explica que tiqueteiras como a Bilheteria Digital têm uma preocupação particular em relação a outros empreendedores online: a revenda de ingressos. É uma espécie de versão cibernética dos cambistas do mundo físico. A estratégia é a mesma: comprar ingressos em grandes quantidades para revender depois. O segmento é muito visado para fraudes, o que faz que muitas tiqueteiras sofram prejuízo e tenham custos excessivos com chargebacks. “Um dos papéis da nossa ferramenta é justamente impedir que isso ocorra”, explica Janaína.

Ela afirma que a ferramenta se adapta ao modelo de negócio de cada cliente, o que aumenta a segurança nas vendas, sem diminuir as aprovações. Essa assertividade é o principal atrativo do Mercado Pago. Graças a esse sistema, é que o Mercado Pago pode oferecer um plano de proteção ao vendedor que cubra os chargebacks.

“O Mercado Pago possui tecnologia enxuta e eficiente”, diz o executivo da Bilheteria Digital:

“Isso permite que nossa start up esteja em constante aprimoramento na busca por melhorias. Temos total confiança no comprometimento da empresa com a segurança. Dessa maneira, conseguimos focar no nosso negócio, que é a parceria para eventos, enquanto deixarmos para o Mercado Pago os cuidados para a venda fluir de forma segura.”

O Mercado Pago está sempre pensando em como tornar a vida financeira dos empreendedores e seus clientes mais simples e segura. Clique aqui e descubra tudo o que podemos fazer por você.

Mercado Pago - Banner Draft v1

Veja também:

Social Wave, uma startup que se especializou em lotar festas e eventos. Sim, e para millennials

- 5 de abril de 2018
Os sócios da Social Wave Ricardo, Ilan e Bernardo (a partir da direita): em comum, a paixão pela música eletrônica

Shawee e a arte de ganhar dinheiro ajudando empresas a fazer hackathons e gerir os dados criados

- 1 de março de 2018
Após sentirem, na prática, as dificuldades de organizar hackathons, Rodrigo (à esquerda) e Abraão fundaram a Shawee.

A Divertix aposta na proximidade para inovar em um setor dominado pela tecnologia: o de ingressos

- 21 de agosto de 2017
3116 2 0
Débora e Luiz Eduardo, os criadores do Divertix, na bilheteria do Teatro das Artes, no Rio.