SPONSORS:

Seleção Draft – A era open source

- 16 de dezembro de 2015
No open source, inovar é mais importante do que deter um código específico (Imagem: daveoratox - Flickr/ Reprodução)

A era de ouro do open source
Há 20 anos, quando empresas sonhavam com o monopólio de um software, era quase impossível imaginar que o desenvolvimento de novas tecnologias poderia se tornar colaborativo. Mas agora não é mais código que importa, e sim a maneira como ele é utilizado para melhorar a vida das pessoas. O texto do TechCrunch, no link acima, fala sobre a atual “era de ouro do open source”, onde grandes companhias abrem informações sobre seu sistema, fortalecendo novos ecossistemas de startups e promovendo uma inovação aberta sem prejudicar seu rendimento. O autor diz:

“Usar códigos que já viraram commodities para criar ferramentas de valor, inteligência e bons serviços é a forma da nova geração de empresas ganhar”

 

Como fazer um bom crowdfunding?
Colocar uma campanha de crowdfunding no ar é uma das tarefas mais simples para arrecadar dinheiro pela internet. Mas isso não quer dizer que o retorno também seja moleza. O texto do Quartz, no link acima, é um relato do autor Ben Chesler, que usa o Indiegogo como ferramenta para levantar dinheiro para seus projetos há cinco anos. Ele deixa algumas lições que aprendeu nesse tempo:

1) As primeiras doações provavelmente virão de quem te conhece, então não tenha vergonha de divulgar;
2) Saiba quem é seu público e vá atrás dele. Fazer contatos em grupos de redes sociais é essencial;

3) Pense bem no que oferecer em troca: essas recompensas não podem tomar mais tempo do que o desenvolvimento do seu projeto;
4) Boas opções de brindes são adesivos, bótons, camisetas. Algo simpático e não muito complicado;
5) As pessoas esquecem facilmente de campanhas, mesmo que queiram contribuir. Bole um bom lembrete, mas não seja inconveniente.

 

Nova aceleradora do Google no Brasil
A partir de 18 de janeiro, o Google vai abrir oficialmente as atividades de sua nova aceleradora no Brasil. A Launchpad Accelerator terá um programa de seis meses para startups e também vai atuar na Índia e Indonésia. De acordo com o VentureBeat, as 24 empresas selecionadas receberão assistência no valor de 250 mil dólares, incluindo um investimento inicial, mentoria, um espaço para trabalho, um bootcamp na Califórnia e acesso a produtos Google. O foco da aceleradora serão produtos mobile, aplicativos com grande potencial de mercado, e alguns deles já estão na pré-seleção brasileira: Agrosmart, Elo7 e ProDeaf. Leia mais no link acima.

 

Maratona Digital em POA
A partir da próxima segunda-feira, 20 de dezembro, acontece em Porto Alegre a segunda edição da Maratona Digital. Serão três dias de evento, com aulas e palestra sobre mobile marketing, arquitetura de sites e blogs, Google Marketing, redação para web e anúncios em redes sociais. A mediação é de Rafael Terra, CEO da Fabulosa Ideia, startup de comunicação digital. Para se inscrever, clique aqui. Os ingressos individuais vão de 730 reais a 790 reais. Encontre mais informações no link acima.

Veja também:

A Bhava Biocosméticos Livres precisou romper as barreiras de uma ecovila para crescer

- 4 de outubro de 2018
4226 0 0

Quais são as fases de investimento em uma startup no Brasil e quem são os principais agentes desse processo

- 21 de agosto de 2018