SPONSORS:

Seleção Draft – Como aceitar as cutucadas

- 2 de abril de 2019
Lidar com as críticas negativas não é fácil. Mas saiba também que não dá para agradar todo mundo.

Como aceitar as cutucadas
Na Harvard Business Review, a coach de CEOs Sabina Nawaz fala sobre sua própria experiência em lidar com a não aceitação de algumas de suas ideias por parte do seu time e como isso a afetava. Após perder o sono, a concentração e cinco quilos em apenas uma semana, ela conta que aprendeu a ser mais resiliente ao receber críticas. E o mais importante: entendeu que é impossível agradar a todos, mas que sempre há formas de gerenciar a opinião alheia. No texto (link acima), ela compartilha como fez isso e dá as seguintes dicas: não “congele” diante de comentários negativos e tenha em mãos uma lista de contra-argumentos; não dramatize qualquer desaprovação; antes de tentar se defender, escute e observe o que os outros têm a dizer; e não leve a crítica para o lado pessoal.

 

O grupo do Marco Legal
No mês em que o Marco Legal das Startups deve ser enviado à consulta pública e ao Congresso Nacional, Rodrigo “Kiko” Afonso, presidente do Dínamo (Think Tank de políticas públicas para startups), escreve, na PEGN, sobre o surgimento, há cinco anos, do grupo que criou a proposta. Apelidado de “hacker político”, os representantes de entidades do ecossistema do Brasil, entre elas ABStartups, Anjos do Brasil, Google e Startup Farm, passaram a se reunir para identificar os principais gargalos para as startups no país. Rodrigo afirma, no link acima, que alinhar o interesse de todas as partes envolvidas nesse processo não é simples:

“Há que se observar de diversos ângulos cada questão, onde uma mudança de lei pode beneficiar muito uma das engrenagens mas por sua vez destruir outra, parando o sistema como um todo”

 

Voz sem gênero
A primeira voz sem gênero de uma inteligência artificial já é uma realidade. Apelidado de “Q”, ela foi desenvolvida por um grupo de ativistas, linguistas, publicitários e engenheiros de som. Segundo a Época Negócios (link acima), a proposta é chamar a atenção das pessoas para a questão de gênero. Em seu vídeo de apresentação, “Q” diz: Fui criada para um futuro que não é mais definido por gêneros, mas, sim, definido por nós mesmos”. Para chegar à voz, foram realizadas gravações com 24 pessoas identificadas como homens, mulheres, transgêneros e de gêneros fluídos.

 

Innovation Awards Latam
A Cantarino Brasileiro promove a 3ª edição do Innovation Awards Latam, competição com o  objetivo de fomentar o empreendedorismo na América Latina. A iniciativa busca startups, criadas a partir de 2014, com soluções inovadoras em oito categorias: fintechs, retailtechs, agrotechs, healthtechs, constru/proptechs, adtechs, smart cities e social impact. As inscrições custam 40 dólares; até 20 de abril, a taxa será subsidiada pela organização do evento e custará 10 dólares. O Draft é Media Partner da competição e nossos leitores têm até 1º de maio para se inscrever com desconto usando o código “DRAFT” na hora do checkout do pagamento. Mais informações no link acima.

Veja também: