SPONSORS:

Seleção Draft – Como se manter startup?

- 29 de janeiro de 2019
Continue crescendo, mas preserve a organização e os princípios que te fizeram começar sua empresa.

Como se manter startup?
“Como garantir que sua startup continue crescendo, mas não perca a alma e a cultura que você trabalhou para construir?” É este o questionamento da Forbes, que logo vem com um banho de água fria: não há resposta correta, mas uma curva de aprendizado e, infelizmente, nem sempre é possível acertar. Mas algumas dicas podem encurtar esse caminho na hora de estruturar a equipe, tais como: montar cada departamento como se fosse uma mini-empresa, fortalecer lideranças internas, incentivar a prestação de resultados, prezar pela lealdade, encorajar o autodesenvolvimento etc. Leia mais no link acima.

 

Passe a escutar mais
Ser um bom ouvinte é especialmente importante para líderes, pois os torna mais eficazes e empáticos. Infelizmente, esta tarefa não é tão simples, como destaca a Fast Company, no link acima. Existem diversas razões que impedem as pessoas de escutarem como devem: o desejo natural de falar (em vez de interromper o interlocutor, que tal pensar melhor no que a pessoa está dizendo antes de emitir sua opinião?), julgamentos prévios (quando discordamos do que os outros dizem, tendemos a parar de prestar atenção), ego inflado (como líder, você pode achar que não precisa ouvir ninguém) e tendência à multitarefa (precisamos admitir que fica difícil escutar de verdade alguém quando estamos mexendo no celular).

 

Conflitos de gerações
De acordo com um novo relatório de tendências culturais da Endeavor Global Marketing, mencionado pelo Inc., há questões — culturais e comportamentais — que diferenciarão a geração Z da Y (os millennials), em 2019, e que podem trazer previsões de tendências para o mercado. A primeira turma acredita, por exemplo, em uma beleza não-binária (criando uma nova categoria de produtos de beleza) e está mais interessada em saber a história por trás de uma comida ou da escolha de um ingrediente do que simplesmente postar uma foto no Instagram, como estão acostumados a fazer os millennials (o que cria toda uma possibilidade de storytelling para chefs e restaurantes). Mas existem duas coisas que o estudo, no link acima, apontou como unânimes entre as duas gerações: preocupar-se com a saúde mental e adorar fazer assinaturas de boxes, seja lá do que for.

 

Aceleração Oito
Vão até 8 de fevereiro as inscrições para o programa de incubação e aceleração do Oito, centro de inovação da Oi. As startups selecionadas receberão suporte para estruturar seus projetos nas áreas gerencial, jurídica, financeira e de comunicação. O programa busca startups que ofereçam soluções em diferentes áreas: inteligência artificial, gestão de home devices (casa conectada), video analytics, IoT etc. Mais informações no link acima.

Veja também:

Como o hub/sp busca conectar startups e o governo para, juntos, resolverem desafios públicos

- 14 de março de 2019