SPONSORS:

Seleção Draft – Como startups falham

- 16 de junho de 2016
Saber quando fechar as portas ou pivotar depende diretamente da sua flexibilidade. (Imagem: Steve Snodgrass - Flickr/ Reprodução)

Como startups falham
Steve Blank, criador do método de Lean Startup, é considerado um mestre entre empreendedores. Ele é citado no texto de Derek Andersen no Medium, que fala sobre o que leva startups ao fracasso. A principal causa, de acordo com ele, é que essas empresas não passaram no “teste da vida real”. Ou seja, empreendedores que estão à frente desses negócios precisam ser flexíveis o bastante para pivotar, questionar seu modelo de negócio ou até mesmo o cerne da sua ideia. Neste texto da Fast Company, Mark Wilson aponta o case da Storehouse (startup de narrativas públicas) e fala sobre o momento certo de fechar as portas. O autor diz:

“Se uma empresa nascente está empacada em uma ideia falha, ela vai falhar de novo e de novo, num ciclo infinito”

 

O trabalho do futuro
Como será o trabalho que é incrementado pela inteligência artifical, robótica e machine learning? O blog One Million by One Million publicou um artigo sobre essas projeções, citando dois pensamentos. O utópico inclui a Basic Income, um plano de renda mínima para que humanos possam usufruir da tecnologia, deixar o trabalho “braçal” para os robôs. Em contrapartida, o distópico é uma visão mais pessimista desse avanço, que prevê a perda de empregos e direitos trabalhistas, além da concentração de renda no topo da pirâmide. Leia no link acima.

 

Manual Jurídico para startups
O escritório Bonilha & Freitas, de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, lançou um Manual Jurídico para startups. No link acima, você pode fazer o download gratuito da publicação, que traz as cinco principais coisas que empreendedores precisam saber para proteger seus negócios. O conteúdo inclui as categorias para enquadrar sua empresa, as modalidades para contratação de talentos e os compromissos fiscais de uma startup.

 

Dreammakers Creatathon
A Migraflix, ACNUR e Impact Hub se uniram para propor um desafio em seu novo evento, o Dreammakers Creatathon. Trata-se de um hackathon para criar soluções inovadoras e utilizáveis para os problemas de imigrantes que vivem no Brasil. Entre os dias 24 e 26 de junho, 50 participantes serão divididos em grupos de até 5 pessoas, para desenvolver projetos que melhorem as condições de vida dessas pessoas. Para se inscrever, acesse o link acima. O investimento é de 50 reais.

2818 Total Views 3 Views Today
Veja também:

Depois que a mãe foi despejada, Vinicius Marques criou a EasyJur para agilizar o monitoramento de processos

- 25 de junho de 2019

Medos, fracassos e recomeços: Bob Wollheim é o Retrato da semana!

- 21 de junho de 2019