SPONSORS:

Seleção Draft – Como um primeiro encontro

- 9 de janeiro de 2018
Saiba conquistar o VC desde o início das negociações (Imagem: Pixabay/Reprodução).

Como um primeiro encontro
Beck Bamberge, fundador da empresa de comunicação BAM Communications, compara o primeiro pitch a um encontro às cegas. Na Fast Company, ele diz que o principal objetivo é garantir uma segunda reunião com o potencial investidor, mas que apenas 10% dos empreendedores conseguem isso. Para driblar as estatísticas, o autor aponta o que os VCs esperam do fundador de startup nessa apresentação inicial: convicção de suas ideias e autenticidade — sem soar arrogante —, um resumo de sua vida pessoal e sua relação com a startup, além de dados concretos sobre o plano de negócio (números, imagens e textos). Leia mais no link acima.

 

Aposte com segurança
Aprender a correr riscos é uma habilidade que todo empreendedor deve desenvolver, de acordo com Rudolph Rosenberg, CFO da fintech PNLDecide. No Linkedin (link acima), ele diz que não se trata de “se aventurar”, mas de ousar de forma inteligente — e sem perder o controle. Para isso, recomenda, primeiro, avaliar as recompensas envolvidas e o que está em jogo no caso de falhar. Depois, afirma que é preciso entender quais as motivações para determinadas escolhas e, por fim, sugere realizar testes antes de apostar todas as fichas em um projeto.

 

Não se deixe abater
Embora o artigo do Medium não fale especificamente de empreendedorismo, ele aborda uma dificuldade comum nesse ecossistema: a necessidade do fundador se manter firme diante de opiniões desmotivadoras sobre sua startup. Para o mentor Daniel Truex, sempre existirão pessoas dispostas a criticar e minimizar os esforços alheios — mesmo que inconscientemente. No texto (link acima), ele lista quatro estratégias para evitar desgastes:

1) Coloque em prática suas ideias em vez de ficar se justificando;
2) Entenda que o sucesso leva tempo para acontecer;
3) Afaste-se de pessoas negativas;
4) Estimule os outros a seguir em frente, oferecendo ajuda.

 

Start Path
Estão abertas as inscrições para a nova turma do Start Path, projeto global da Mastercard para apoiar startups em operação nos setores de tecnologia e finanças. O programa busca negócios que estão reformulando o sistema bancário, de pagamentos e comércio e que já tenham concluído uma rodada “significativa” de investimento inicial ou Série A. As inscrições, que vão até o próximo dia 15, e mais detalhes sobre o processo podem ser obtidos no link acima.

Veja também:

“Tememos a Transformação Digital pelos processos inúteis que ela destrói – mas não pelos que ela cria”

- 6 de setembro de 2018
9083 4 0
Prestes a completar 70 anos, Maurizio Mauro está pronto para se reinventar outra vez.

Gerar boletos sem depender de banco? A BoletoBancario.com mostra como faz isso acontecer

- 10 de julho de 2018
8878 3 0
Os sócios da BoletoBancario.com Eduardo Simioni e Matheus Bernert (da esq. para a dir.). Eles criaram e aperfeiçoaram modelos de cobrança por boleto bancário sem ter que passar pelo banco.