SPONSORS:

Seleção Draft – Comunidades

- 6 de abril de 2015
Tecnologias comunitárias exigem a participação de todos. (Imagem: Asantecentre/Reprodução).

Desenvolvendo tecnologia com comunidades
Se você quer criar tecnologias de impacto para comunidades, uma dica essencial é se juntar às pessoas que vivem nelas. Só assim você conseguirá identificar os problemas reais e oferecer verdadeiras soluções. Esse texto no Medium traz algumas medidas bem interessantes para isso. Algumas delas:

1) Utilize a infraestrutura social pré-existente
2) Utilize a infraestrutura e conhecimentos tecnológicos pré-existentes
3) Crie ambientes educacionais de duas vias
4) Lidere em espaços compartilhados

O texto é de Laurenellen McCann, cientista social e criativa tecnológica. Ela é uma das listadas na lista “30 abaixo de 30” da Time. Sabe bem do que escreve e traz várias discussões bacanas no post. Confira no link acima.

 

No mundo da tecnologia o velho sempre pode ser novo
Porque a tecnologia é cíclica. O que deu errado ontem pode ser tendência hoje. Um bom exemplo é o streaming de vídeos. Há empresas oferecendo isso desde 2010, mas, por algum motivo, o Meerkat e o Periscope transformaram o nicho em hype novamente. No TechCrunch, Alex Wilhelm e Ron Miller, dois dos mais gabaritados jornalistas de tecnologia dos EUA, refletem sobre esse paradoxo das ideias recicladas. Essencial para qualquer um querendo criar ou recriar algo novo.

 

O incerto futuro do SEED
Na semana passada comentamos aqui que o SEED, um dos programas mais importantes no desenvolvimento do ecossistema empreendedor de Minas Gerais e do Brasil, amanheceu com as portas fechadas. No dia seguinte, o governo anunciou que o programa não seria encerrado, mas admitiu que ele “seria todo repensado”. Ontem, o site holandês The Next Web, publicou uma matéria mostrando que o SEED irá, literalmente, começar do zero, com um futuro incerto – e que, de certa forma, isso tudo não deixa de refletir o momento político que o Brasil vive. Clique e leia.

 

Leitores DRAFT têm desconto no Fórum Novas Fronteiras do Comportamento do Consumidor
Idealizado pela plataforma Eight Sustainability, o fórum discutirá tendências, caminhos de inovação e estratégias de marketing que buscam entender e influenciar positivamente o comportamento do consumidor. Entre os convidados estão Luciana Stein (pesquisadora de tendências e Lead Strategist da trendwatching.com), André Oliveira (Diretor de Tendências da Box 1824), Juliana Acquarone, (Cluster Leader da Nielsen Neuro Brasil), João Gonçalves (Diretor de Marketing da OLX Brasil), Max Petrucci (CEO da Garage) e Paul Malicki (Global CMO da Easy Taxi).

O evento acontece em São Paulo entre 12 e 14 de maio – sendo que nos dois últimos haverá workshops com nomes como Alex Batchelor, COO da Brainjuicer (Reino Unido); Thomas Kolster, fundador da Goodvertising (Dinamarca) e Thomas Zoëga Ramsoy, CEO da Neurons Inc, Prof. Dr. na Singularity University na Califórnia, e diretor do Center for Decision Neuroscience na Copenhagen Business School.

E sabe o mais legal? Você, leitor do DRAFT, tem direito a um desconto de 15%. Basta inserir o código fnfdraft01 ao fazer sua inscrição. Mais detalhes sobre as inscrições e preços no link acima.

Veja também:

“Queremos deixar de vender cigarros o quanto antes, mudar nosso modelo”, diz diretor da Philip Morris

- 11 de outubro de 2018