SPONSORS:

Seleção Draft – De olho nas bikes

- 9 de abril de 2018
O compartilhamento de bikes, modelo que ganha força nos Estados Unidos e na China, ainda dá seus primeiros passos no Brasil (Imagem: Bernard Spragg NZ-Flickr/Reprodução).
O compartilhamento de bikes, modelo que ganha força nos Estados Unidos e na China, ainda dá seus primeiros passos no Brasil (Imagem: Bernard Spragg NZ-Flickr/Reprodução).

De olho nas bikes
O TechCrunch traz a notícia de que o Uber acaba de comprar a Jump, empresa de compartilhamento de bikes que desde janeiro atua como sua parceria no Uber Bike. Aqui no Brasil, a adesão a esse sistema ainda é vista com ressalvas, como mostra um artigo no Link, do Estadão, sobre questões que podem frear a Yellow, startup criada pelos fundadores da 99 que quer espalhar 20 mil bicicletas pela capital paulista. Para os especialistas ouvidos, há alguns entraves para o negócio: o alto custo de aquisição e manutenção das bicicletas, o baixo preço cobrado pelas viagens e o risco de multas (já que a startup permitirá que as magrelas sejam estacionadas em qualquer lugar após o uso). Leia mais no link acima.

 

Não force a barra
A cultura da empresa não é algo que pode ser forçado, diz Ronni Zehavi, fundador da plataforma de gestão de recursos humanos Bob. No The Next Web (link acima), ele afirma que esse conceito deve ser construído de forma orgânica juntamente com os colaboradores e depende, justamente, da forma como eles absorvem as políticas e os ideias do negócio. O autor também aponta como aliados nesse processo os funcionários que têm maior influência e podem ajudar a disseminar os princípios estabelecidos em conjunto. Ele ainda reforça:

“A cultura de uma empresa não pertence aos executivos, mas às equipes, que são o verdadeiro coração de um negócio”

 

Startups do campo
O IPNews destaca a importância das startups no fomento do setor de agronegócios no Brasil. Segundo o artigo, hoje há 175 empresas de base tecnológica atuando exclusivamente com soluções para o campo. As inovações trazidas por esses negócios já impactam positivamente a economia do país, como mostra um estudo de 2017 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento citado no texto (link acima). Os dados mostram que, nos últimos 30 anos, a taxa média anual de aumento da produtividade foi de 3,5% no Brasil, sendo a tecnologia responsável direta por 60% dessa melhora.

 

SP Stars
Vão até dia 15 as inscrições para o SP Stars 2018, programa de capacitação para empreendedores de startups, promovido pela SP Negócios, empresa vinculada à Prefeitura. Ao todo, 40 startups que já tenham MVP, time estruturado e estejam em fase de validação ou já em operação serão selecionadas para receber mentoria por seis meses, junto a fundadores de startups, aceleradoras, investidores e especialistas em vendas e marketing digital. Mais informações no link acima.

Veja também:

Como é andar de patinete elétrica, a nova “moda” urbana, em São Paulo

- 25 de setembro de 2018
8014 8 0