SPONSORS:

Seleção Draft – De onde vem a ideia?

- 27 de junho de 2016
A ideia que falta pode surgir mais rapidamente quando você não está procurando. (Imagem: Giorgio Brancato - Flickr/ Reprodução)

De onde vem a ideia?
Nem todo empreendedor precisa tirar uma ideia totalmente original da cartola. Jackson Moses, consultor financeiro, diz em seu artigo no LinkedIn, que o sucesso vem para quem não se apega à definição romântica de inovação. Isso significa deixar que as ideias cheguem até você, sem perder tempo buscando noções irreais de sucesso. Em outras palavras, reconheça onde produtos eficientes podem surgir, pela sua própria experiência. O autor diz:

“O empreendedorismo é encontrado naquilo que você estuda, conhece e vive”

 

Chega de softwares
A nossa intimidade com a tecnologia, nos últimos anos, deve-se muito ao surgimento de softwares mais simples de utilizar. Alguns setores já estão até saturados. No Tech Crunch, Ben Schipper reconhece que inovar em grande escala é difícil, mas que a mágica de verdade acontece quando empresas conseguem unir suas ferramentas a hardwares, que podem promover mudanças tecnológicas mais estruturais. Ele cita algumas ideias para o futuro, como roteadores inteligentes e um pré-smartphone para crianças. Leia mais no link acima.

 

Mudanças e choques
Utilizar uma rede social ou qualquer outro serviço digital diariamente é estar sujeito a mudanças constantes. Se acostumar com essas pequenas melhorias é fácil, mas não encaramos tão bem uma transformação maior, diz Kaveh Waddell. Em seu texto no Atlantic, ele diz que a nossa tendência ainda é resistir a tecnologias que são estruturalmente diferentes. Como a realidade virtual, por exemplo. Mas uma vez quebrada essa barreira – daqui a 10 ou 15 anos, talvez – as críticas serão iguais às que fazemos a um novo botão em um aplicativo que julgamos desnecessário.

 

Innovation Tools
Entre os dias 4 e 9 de julho, acontece em São Paulo a oitava edição da Innovation Tools, curso 100% focado em ferramentas. No encontro, os alunos aprenderão a como resolver desafios reais de projetos, utilizando técnicas para experimentar sua aplicação na prática. Serão seis aulas, que vão culminar em um workshop de cocriação. As inscrições estão abertas pelo link acima. Os ingressos custam 1 200 reais.

Veja também:

O Convenia nasceu de uma ideia simples e poderosa: funcionários são muito mais do que números

- 12 de junho de 2018
5481 6 0
Marcelo, Anderson e Rodrigo contam como criaram um software de gestão que permite ao departamento pessoal controlar desde o pagamentos até o feedback dado aos colaboradores.

Verbete Draft: o que é e-waste

- 18 de abril de 2018
2320 0 0

Shawee e a arte de ganhar dinheiro ajudando empresas a fazer hackathons e gerir os dados criados

- 1 de março de 2018
Após sentirem, na prática, as dificuldades de organizar hackathons, Rodrigo (à esquerda) e Abraão fundaram a Shawee.

MakePi, a startup brasileira que faz um computador infantil, de montar, e vai começar o negócio nos EUA

- 19 de fevereiro de 2018
César Martins, fundador da Happy Code e, há um ano, da Make Pi: tecnologia, educação e empreendedorismo de mãos dadas.