SPONSORS:

Seleção Draft – De onde vêm as boas ideias?

- 9 de novembro de 2018
A fonte da criatividade e das boas ideias é você mesmo.

De onde vêm as boas ideias?
Em um texto leve e inspirado, no link acima, Brendan Coady, engenheiro e criador da fabricante de impressoras 3D Mosaic, afirma que o lugar onde encontramos novas ideias é o mesmo onde estão as antigas. Para ele, boas e más ideias não são criadas de forma diferente. Elas vêm da mesma fonte e são indistinguíveis até evoluírem e estarem prontas, mas com um detalhe: é preciso deixar os julgamentos de lado na hora de analisá-las. Ele diz no Medium:

“Se você quer ideias melhores, precisa superar as ruins, as mais ousadas e aquelas ainda não totalmente formadas para, enfim, chegar às boas, pois estão todas misturadas”

 

O silêncio impulsiona vendas
Na Forbes (link acima) George Deeb, CEO do fundo de investimentos Red Rocket Ventures, escreve que é tempo de aprender que impulsionar as vendas tem muito pouco a ver com o que o vendedor fala e mais com o que o cliente tem a dizer. Ele admite que manter a boca fechada em uma primeira reunião de vendas é difícil, mas se o vendedor fizer questão de falar é melhor que faça perguntas em vez de empurrar seus produtos ou serviços. Segundo George, as chances de fechar negócio são muito reduzidas se a “dor” do cliente não é entendida. Ele defende que, no primeiro contato, se construa um relacionamento de confiança com o cliente e que perguntas-chave sejam feitas. Já em uma segunda reunião, indica abordar especificamente as necessidades imediatas e como pode ajudá-lo.

 

Um passo adiante
É comum que fundadores de negócios tecnológicos não sosseguem e deixem de lado uma empreitada de sucesso para criar algo novo. Para fazer isso com maestria, o Entrepreneur traz lições preparatórias a serem observadas no dia a dia. Primeiro, indica o texto (link acima), olhe para sua área de atuação como um jogo de xadrez, mantendo-se atento a notícias para evitar surpresas. Em segundo lugar, concentre-se nas oportunidades, sem ignorar a oposição. Quer dizer, preste atenção no sofrimento do seu concorrente para que isso não chegue em você no futuro. E, finalmente, revise frequentemente seu “plano B” e vislumbre possíveis exits porque a única coisa certa nos negócios é que a mudança pode e vai acontecer.

 

Latam Createch
Startups latino-americanas ou PMEs dos setores de mídia digital, animação, jogos ou tecnologias imersivas que tenham intenção de expandir e se internacionalizar podem participar da competição Latin America Createch. A inciativa é capitaneada pelo Departamento de Comércio Internacional do Reino Unido, em associação com a Globant Ventures, e tem como objetivo apoiar a cena tech daqui e promover intercâmbio com o mercado britânico. O melhor projeto ganhará uma viagem para Inglaterra e participará da London Tech Week e da Createch Global. O prazo de inscrição vai até o próximo dia 15. Mais informações no link acima.

1377 Total Views 1 Views Today
Veja também:

Verbete Draft: o que é Thinking Environment

- 31 de outubro de 2018