SPONSORS:

Seleção Draft – De tijolo em tijolo

- 29 de outubro de 2018
Assim como na construção de uma casa, a base de uma startup precisa estar bem estruturada para o negócio vingar.

De tijolo em tijolo
O profissional de growth hacking Kale Panoho fala que para construir uma startup, assim como uma casa, é preciso uma boa fundação. No Influencive, ele usa o exemplo de Peter Breen, ex-jogador de rugby e fundador da escola que forma novos atletas na modalidade, a Rugby Bricks, para contar como é possível, de tijolinho em tijolinho, construir algo que dê sustentação a outras pessoas. O autor afirma que Peter entendeu, em primeiro lugar, o poder de mobilização de sua paixão (no caso o esporte) e que percebeu que se tivesse que construir um negócio para durar, ele teria que ser baseado em algo que amasse. Kale também diz que o empreendedor soube procurar conselhos fora de seu “campo”, expondo seu projeto a desconhecidos, e buscou se aprimorar. Leia mais no link acima.

 

Conflitos saudáveis
John Estafanous, fundador da plataforma de gestão de equipes RallyBright, diz que a maioria das pessoas acredita que conflitos são ruins e faz o máximo para evitá-los. No entanto, no Medium (link acima), ele escreve que desacordos são essenciais para o sucesso de um negócio a longo prazo, pois podem impulsionar melhores ideias, a criatividade e a inovação. Para isso, porém, é preciso saber “brigar” de forma saudável, deixando claro para os colaboradores que discordar é permitido e positivo, renegando comportamentos passivo-agressivos, mostrando que é possível apontar problemas de forma não ameaçadora e resolver desarranjos satisfazendo diferentes interesses. Vem bem a calhar.

 

A VR está morrendo
“Nos prometeram mundos melhores e tudo o que conseguimos até agora foram headsets ruins.” É o que destaca o colunista Joshua Topolsky no The Outline sobre a sensação dos consumidores em relação à indústria da Realidade Virtual. O texto (link acima) traz, inclusive, a opinião de Hilmar Veigar Pétursson, CEO do estúdio CCP Games, que diz ser impossível construir um negócio baseado apenas nessa tecnologia. A expectativa de que a VR seria uma revolução foi pouco a pouco esfriando e Josh diz que até agora seu usos não se mostraram convincentes:

“A adoção da VR só acontecerá quando um par de óculos escuros não for uma barreira para adentar nesse universo”

 

O Futuro da Saúde
Acontece na quarta-feira (31), em São Paulo, a 2ª edição do Encontro de Empreendedorismo e Inovação em Saúde. O evento, promovido pelo Hospital Albert Einstein, busca ampliar e fortalecer a interação entre lideranças do setor, investidores, hospitais de referência, órgãos públicos e empreendedores de healthtechs. No mesmo dia será realizado o 8º Circuito Einstein de Startups, um espaço dedicado a empresas selecionadas pela Eretz.bio, incubadora do Einstein, para expor suas soluções. Os ingressos custam 749 reais para participantes e 229 reais para startups. Mais informações no link acima.

Veja também:

Verbete Draft: o que é Thinking Environment

- 31 de outubro de 2018
3846 0 0