Seleção Draft - Depois de fechar as portas | Seleção Draft | Projeto Draft


SPONSORS:

Seleção Draft – Depois de fechar as portas

- 11 de julho de 2018
Calma, existe vida e possibilidade de sucesso em outro negócio após o fim de uma startup.

Depois de fechar as portas
Assumir que sua startup está fechando as portas é algo comum entre os empreendedores dos Estados Unidos, mas não no Brasil. É o que destaca o Estadão, ao trazer histórias de fundadores que precisaram encarar esta situação. Amure Pinho, presidente da Associação Brasileira de Startups, destaca no link acima:

“Ainda existe no Brasil a cultura de só falar da falha depois que já existe algo melhor para se apresentar”

Em geral, diz o texto, existe um período de “luto” e vale dar um tempo a si mesmo para refletir. Mas sim, há vida após o fracasso e chances de começar um novo negócio de sucesso. O texto cita, por exemplo, o caso de Tiago Dalvi, da Olist (plataforma que distribui anúncios em sites de e-commerce). Ele conta como foi  falhar quatro vezes até chegar ao patamar de hoje, com 3,5 mil clientes.

 

Fale sem script
Anett Grant, CEO da consultoria de oratória Executive Speaking, aponta, na Fast Company (link acima), quatro razões pelas quais líderes deveriam deixar de lado seus discursos decorados ou lidos e falar “com o coração”. São elas:

1) O público ficará entediado;
2) A fala tende a soar sem credibilidade e segurança;
3) A linguagem corporal deixará de ter valor;
4) O medo de perder o ponto do texto pode gerar ainda mais ansiedade.

 

De volta ao passado
O StartSe reproduz 16 frases de cartazes criados pela AdView (plataforma de anúncio de vagas de emprego) com conselhos que líderes de sucesso do Vale do Silício dariam a si mesmos se pudessem voltar à adolescência. Entre as recomendações, Jack Dorsey, fundador do Twitter, fala: “Um estilo de vida mais saudável, no final das contas, torna a pessoa mais criativa e permite pensar de maneira mais coesa”. Já Alex Ljung, CEO da SoundCloud, diz: “Não se trata de criar todos os recursos ou entender tudo da primeira vez”. Por sua vez, Matt Mullenweg, criador do WordPress, destaca: “Se sinta bem com as coisas se acumulando ao longo do tempo”. Leia as outras dicas no link acima.

 

Projeto Adalgisas
Lançado pelo Marco Zero Conteúdo, veículo de jornalismo independente e investigativo de Recife, o Projeto Adalgisas pretende fazer uma cobertura especial das eleições em Pernambuco, com foco na candidatura de mulheres. Entre os objetivos estão: monitorar a participação das candidatas na propaganda eleitoral na TV, fiscalizar a distribuição de recursos para suas campanhas e mapear o perfil e a proposta de cada uma. O nome da iniciativa, que criou uma campanha de crowdfunding no Catarse para poder seguir com sua proposta, é inspirado em Adalgisa Cavalcanti, primeira mulher eleita deputada em Pernambuco, em 1947. Mais informações no link acima.

Veja também:

A concepção, o crescimento e os planos do FemiTaxi, um serviço de transporte exclusivo para mulheres

- 13 de agosto de 2018
7595 2 0
Charles-Henry Calfat Salem é meio francês, meio brasileiro e há dois anos empreende no país.

“Se eu, em uma posição privilegiada, estava cansada daquele machismo, imagine todas as outras mulheres?”

- 10 de agosto de 2018
8122 0 0