SPONSORS:

Seleção Draft – Desafios

- 27 de outubro de 2014

Os desafios de Dilma – “Governo novo, ideias novas”, era o mote da campanha vencedora de Dilma Rousseff. E vão ser necessárias muitas boas ideias, diferentes, para enfrentar pequenas e grandes crises e solucionar alguns gargalos que impedem um crescimento mais forte – a Exame pintou bem quais as principais dificuldades, em cada área.

A Época Negócios perguntou a alguns empresários, de presidentes de bancos a associações setoriais, o que eles esperam para acelerar o crescimento. Já o Startupi conversou com pessoas do universo de startups, que elegeram suas prioridades para melhorar o ambiente de empreendedorismo no país.

 

As estratégias do Facebook para virar uma plataforma de conteúdo – “Para quem publica conteúdo, o Facebook é um pouco como aquele cachorro grande que avança em sua direção em um parque. A maior parte das vezes não dá pra saber se ele quer brincar com ou comer você.” Assim o ótimo David Carr começa sua coluna no New York Times, sobre a conturbada relação dos produtores de conteúdo com o Facebook.

Uma enorme parte dos sites têm no Facebook a sua principal fonte de tráfego (no Draft, mais que a metade dos visitantes vêm da rede social). Mas os engenheiros do Face não estão muito satisfeitos com a experiência que eles vêem quando clicam em algum link, com sites com letra pequena, publicidade ruim e que demoram a carregar. A ideia de Zuckerberg: convencer os publishers a colocarem seus conteúdos mais ou menos dentro do Facebook. Os argumentos, descritos por Carr, são interessantes, e muita água vai rolar sobre esse assunto.

 

“O que não me falaram sobre empreendedorismo” – É sempre iluminador ler histórias de startups que fracassaram, especialmente quando elas são contadas em primeira pessoa. Paulo Pilotti, da Octopuz, publicou um texto no Medium, bastante franco, em que fala de como planos de negócios podem ser engessantes, que espaços de co-working são melhores que aceleradoras, e outras coisas que ele diz ter aprendido na sua jornada como empreendedor.

 

Grupo ABC quer incentivar empreendedorismo dos funcionários – O Grupo ABC quer incentivar os seus funcionários a cultivar as boas ideias de startups, e quem sabe montar negócios para fora da holding de publicidade, que tem 15 agências e 2,5 mil funcionários. Segundo a reportagem do Meio & Mensagem, o projeto Start Us Up, capitaneado pelo head of digital Bob Wolheim, vai selecionar propostas mais promissoras e oferecer coaching, pacote completo de desenvolvimento de marca e ajuda para montar o plano de negócios.

2249 Total Views 1 Views Today