SPONSORS:

Seleção Draft – Design Thinking

- 14 de julho de 2015
Design Thinking vai muito além dos post-its. Mas eles também ajudam bastante. (Imagem: 3D-Innovations/Reprodução).

Como usar Design Thinking no seu próximo projeto
Design Thinking é um conceito muito legal, que ajuda as pessoas usarem o pensamento visual para resolver problemas e desenvolver produtos (explicamos melhor aqui). No entanto, muitos ainda têm dúvidas de como utilizar o método em diferentes projetos. O The Next Web, no link acima, explica, de forma bem didática, como incorporar o conceito. Vale ler.

 

Os “ponto cegos” da tecnologia
De pequenas startups a gigantes da tecnologia, todos estão procurando solução para uma série de problemas com a tecnologia. Alguns estão fazendo testes para resolver complicações de curto prazo; outros, como Google e Facebook, fazem investimentos milionários para antecipar dificuldades do futuro. Nesse meio caminho há uma série de necessidades que não estão resolvidas — e ninguém está fazendo nada a respeito. É sobre isso que o Backchannel fala no link acima, apontando alguns problemas que nem são tão grandes, mas que são negligenciados por desenvolvedores.

 

Quem deve financiar a inovação: empreendedores ou governo?
Os Estados Unidos estão reduzindo os investimentos em pesquisa e desenvolvimento de risco. E, frente a isso, a Singularity Hub levanta uma discussão interessante: os empreendedores, mais que o governo, são responsáveis por puxar a inovação? O site, da universidade da Nasa, mostra que várias das grandes descobertas foram bancadas por empresas, e não pelo Estado. É claro que o debate varia com o governo de cada país. No Brasil, vivemos um outro contexto, com outros desafios. Mas a discussão tem um respaldo interessante por aqui. Leia mais no link acima.

 

La Do Ce ajuda pessoas a descobrirem lado criativo
A Petalusa, espaço multiuso criativo de vivências de arte, organizará na próxima segunda-feira o evento La Do Ce, para ajudar as pessoas descobrirem seu “lado criativo”. A vivência começará às 18h e não tem hora para acabar. Eles terão várias estações (com materiais para arte, instrumentos para música, instrumentos para culinária etc.). A ideia é que as pessoas despertem sua criatividade. O evento acontecerá em São Paulo e custará 88 reais. Veja mais no link acima.

6305 Total Views 2 Views Today
Veja também:

“Qualquer um que fale sobre empreendedorismo deve focar em quão arriscado é o processo”

- 4 de outubro de 2019