SPONSORS:

Seleção Draft – Enfrente o leão, ou o unicórnio

- 19 de março de 2019
Não tenha medo de um concorrente gigante. Nem sempre a empresa maior é a mais talentosa.

Enfrente o leão, ou o unicórnio
O que fazer quando sua startup concorre com um unicórnio? Alex Tolbert, CEO da BerniePortal (plataforma de recrutamento para pequenas empresas), compartilha no Inc. como ele aprendeu a tirar proveito dessa situação “David x Golias”. Ele afirma que o marketing em cima de seu concorrente, que conseguiu captar 600 milhões de dólares, fez com que o mercado passasse a valorizar mais o problema que sua empresa também estava tentando resolver antes (e sozinha). Assim, ele ganhou novos clientes. Alex ainda reforça, no link acima, que o modelo de negócio de sua startup e da do rival não era o mesmo, o que consequentemente atraia públicos diversificados. Por fim, ele diz que não perder a confiança é essencial quando se enfrenta um gigante que está dando os primeiros passos:

“O conhecimento de mercado, a cultura e a liderança podem desempenhar um papel tão importante no sucesso de uma empresa quanto o fundo captado”

E sem perder a deixa, o Distrito lançou esta semana um estudo com dados sobre os nossos seis unicórnios e também enumerou as dez startups brasileiras que podem vir a assumir o título.

 

Propósito conta
O Computerworld traz o resultado de uma pesquisa da Accenture que revela que propósito é a base de tudo para o consumidor brasileiro. Segundo o levantamento, 83% dos entrevistados preferem adquirir produtos e serviços de empresas que se posicionam em relação a causas alinhadas a seus valores pessoais. E mais: dispensam as que preferem se manter neutras. Os dados fazem parte da 14° edição anual da pesquisa Global Consumer Pulse da Accenture Strategy – ‘From Me to We: The Rise of the Purpose-led Brand’. Cerca de 30 mil consumidores do mundo foram ouvidos, sendo 1 564 brasileiros. Outro ponto relevante é que 87% são a favor de maior transparência em relação à origem dos produtos, condições de trabalho mais seguras e posicionamento claro quanto a testes em animais. Leia mais no link acima.

 

Bom de papo
Vamos combinar que costuma ser intimidador ou mesmo um pé no saco puxar um assunto na hora do networking. Para que essa tarefa fique mais fácil, o Entrepreneur (link acima) lista sete perguntas que um empreendedor pode fazer em uma ocasião como essa, tais como:

1) O que te trouxe a este evento?
2) Como você se envolveu com essa indústria?
3) O que você gostaria que tivessem te dito antes de embarcar nessa jornada?
4) Qual a melhor maneira de entrar em contato com você?

 

Ocyan Waves Challenge
Vão até 28 de abril as inscrições para o Ocyan Waves Challenge, programa de aceleração focado em startups com soluções inovadoras para oito desafios internos da empresa, que atua no setor de óleo & gás. O programa será dividido em quatro etapas. Para a primeira fase serão selecionadas 20 startups. As que chegarem à etapa final receberão suporte para o desenvolvimento de projeto piloto in loco e poderão se tornar fornecedoras ou parceiras da empresa. Para participar, as startups precisam comprovar o desenvolvimento de um produto viável e testado em pequena escala ou que esteja no mercado. Os empreendedores também precisam ter disponibilidade para comparecer aos encontros, no Rio de Janeiro e em Macaé. Mais informações no link acima.

Veja também:

“Aprender a desfrutar o tempo e curtir o tão necessário ócio é uma das maiores riquezas que se pode ter”

- 19 de abril de 2019
666 13 0

A Rede Dinheiro e Consciência quer ser um banco que fomenta iniciativas de impacto

- 15 de abril de 2019