SPONSORS:

Seleção Draft – Escale sem perder o DNA

- 6 de setembro de 2016
Crescer sem perder suas raízes inclui capacitação e união de equipe. (Imagem: woodleywonderworks - Flickr/ Reprodução)

Escale sem perder o DNA
Manter uma “cultura de startup” não se resume só a preservar gestão horizontal, ambiente de trabalho descolado ou flexibilidade de cargos e horários. Em seu artigo no Entrepreneur, Mark McClain foge do lugar comum e diz como é possível crescer sem perder o DNA da sua empresa. O empreendedor destaca duas dicas importantes. A primeira é ir além da diversão e oferecer a capacitação para a sua equipe acompanhar a escalada. A outra é manter as pessoas conectadas de verdade — ou seja, mesmo quem está trabalhando de home office deve se sentir no mesmo barco.

 

O boom de startups na China
Graças a um subsídio do governo chinês, novas startups estão pipocando no país, mais especificamente em Hangzhou. A cidade abriga uma incubadora, chamada Dream Town, onde há 710 startups em operação. Trata-se de um conjunto de prédios que oferece aluguel subsidiado, apoio financeiro e treinamento especial para quem desenvolve empresas por lá. A iniciativa faz parte do que o premiê Li Kegiang descreve como “empreendedorismo em massa” (recentemente, falamos de inovação chinesa). Leia mais na reportagem do NY Times, traduzida no Estadão, no link acima.

 

O que faz a comoditização?
Em sua passagem pela Peer Value Conference, em Amsterdã, Matheus Queiroz (editor do Incrível Hub) participou de discussões sobre a Economia Colaborativa e contou no Medium o que concluiu. No link acima, ele fala do fenômeno de “comoditização” que plataformas como Uber e Airbnb promovem – extraindo valor através dos bens e do trabalho das pessoas. Ele também fez um infográfico indicando as diferenças da colaboração real e da criada no Vale do Silício, que resume como funciona o sharewashing (termo já explicado num Verbete Draft).

 

Prêmio Empreendedor de Sucesso
Até 21 de setembro estão abertas as inscrições para a décima edição do Prêmio Empreendedor de Sucesso, da Pequenas Empresas & Grandes Negócios. Diferentemente de outras premiações promovidas pela publicação, essa inclui uma categoria que reconhece o trabalho de negócios de impacto social, fundados até janeiro de 2014. Veja no link acima como participar.

1821 Total Views 1 Views Today
Veja também:

“A maior riqueza de uma comunidade residirá na capacidade individual de criar e na coletiva de realizar”

- 30 de agosto de 2019
Bruno viajou para a China, Israel, Alemanha e Estados Unidos e conta sobre sua experiência em alguns polos de inovação desses países.

“Foram dois anos intensos, assustadores em alguns momentos e surpreendentes em outros”

- 31 de maio de 2019