SPONSORS:

Seleção Draft – Mantenha o otimismo

- 31 de outubro de 2017
Ser otimista não significa manter uma fé cega, mas focar nos aspectos positivos do negócio (Imagem: Pexels/Reprodução).
Ser otimista não significa manter uma fé cega, mas focar nos aspectos positivos do negócio (Imagem: Pexels/Reprodução).

Mantenha o otimismo
Na Fast Company, o fundador da agência de publicidade 72andSunny, Glenn Cole, defende uma postura otimista como meio para desenvolver soluções mais criativas. Para ele, isso não implica em ignorar as adversidades nos negócio, mas tornar-se alguém mais  inspirador, divertido e capaz de atrair o que deseja. No texto (link acima), ele dá dicas de como usar essa atitude a favor da resolução de problemas, entre elas:

1) Saiba quais são os empecilhos e busque o que há de bom pelo caminho;
2) Procure respostas parciais que te façam continuar em movimento;
3) Planeje cada jogada;
4) Acredite que todos têm as melhores das intenções.

 

Quando patentear
Ter um plano de propriedade intelectual pode evitar erros que comprometam o futuro da empresa. Mas como identificar o momento certo para obter a patente de um produto? No Tech Co, sete empreendedores compartilham suas opiniões sobre o tema. Antes de correr atrás da burocracia, eles recomendam checar se a criação já não existe (nem sempre a ideia é tão original quanto parece). No caso do produto ser único, o conselho é esperar até que esteja totalmente desenvolvido, analisar se ele é comercialmente viável e facilmente copiado, além de pesar os custos necessários para obter o registro. Leia mais no link acima.

 

O novo berço das startups
A pergunta que há tempos não quer calar: qual será o próximo Vale do Silício? A Época Negócios (link acima) traz o resultado do estudo The Global Startup Ecosystem, que ranqueou os 20 Ecossistemas Globais de Startups. O Vale ainda está no topo, mas várias cidades despontam neste cenário. Das 20 selecionadas, nove são americanas, seis europeias e cinco asiáticas. São Paulo, que no último ranking (2011) era a única latina, saiu da lista. Mas é apontada como o ecossistema “mais maduro da América do Sul”. No Estadão, Felipe Matos reforça essa tese, falando da densidade das startups no país. Na lista das Top 20, a capital paulista aparece em primeiro, seguida por Florianópolis e Belo Horizonte.

 

Workshop Colisões
São Paulo recebe a 6ª edição do workshop Colisões no qual empreendedores individuais são incentivados a tirar suas ideias do papel em apenas um mês. Serão quatro encontros, aos sábados, a partir do dia 4 de novembro. Em cada um serão abordados os seguintes temas: ideação, validação e time, produto e, por fim,  investimento no ecossistema de startups. As inscrições custam 950 reais e podem ser feitas até amanhã pelo link acima.

Veja também:

“Esqueça o Vale do Silício. Os próximos unicórnios nascerão no frio do Ártico e não no sol da Califórnia”

- 26 de maio de 2017
Luís Barrionuevo em Waterloo, frente à LaunchPad, incubadora de startups na qual é mentor (foto: Jessica Kalman).