SPONSORS:

Seleção Draft – Não minta para si mesmo

- 11 de abril de 2018
Chega de bancar o pinóquio: seja sincero em relação ao valor que dá para seu negócio e aprenda a equilibrar seu tempo de dedicação (Imagem: Pixabay/Reprodução).
Chega de bancar o pinóquio: seja sincero em relação ao valor que dá para seu negócio e aprenda a equilibrar sua dedicação (Imagem: Pixabay/Reprodução).

Não minta para si mesmo
No Medium, Steve Blank, professor de Stanford, Berkley e Columbia, faz um relato sincero sobre o impasse que viveu com a mulher quando ela perguntou o que era mais importante para ele: o trabalho ou a família. Na época, ele optou pelo primeiro e acabou com seu casamento. Hoje, mais maduro, acredita que sua escolha foi um erro e alerta sobre algumas mentiras que empreendedores costumam contar a si mesmos quando não conseguem conciliar trabalho e vida pessoal. Entre elas, cita: “estou fazendo isso por minha família”, “assim que minha startup tiver sucesso, vou reduzir o ritmo” e “meus encontros pessoais duram menos, mas têm qualidade”. Leia mais no link acima.

 

Dizer não para crescer
Dizer não a um cliente pode ser a melhor forma de fazer sua startup crescer. É o que afirma o consultor Joey Coleman no Startups.co. Ele conta, no link acima, que a maioria dos consumidores está acostumada a ouvir promessas irreais de empresas que buscam vender seu produto ou serviço a qualquer custo. No entanto, quando o empreendedor joga limpo e explica que sua oferta não é capaz de atender às expectativas, o negócio tem mais chance de crescer e ganhar credibilidade. E destaca:

“Ter um cliente errado pode ser mais prejudicial para o seu negócio do que não ter cliente nenhum”

 

Negócio do zero
Como criar uma empresa do zero? A Exame (link acima) compartilha dicas sobre o assunto que fazem parte do manual do empreendedor do Prime, app do Google com lições sobre marketing digital e negócios. São elas: entender que as melhores ideias vêm da paixão e da necessidade do mercado, encontrar por meio de pesquisas o público-alvo em vez de apostar só na intuição, criar um plano de negócios simples e, depois, detalhá-lo, delimitar bem o problema que busca resolver antes de focar em ações de marketing e, por fim, gerar “buzz” sobre seu negócio, ou seja, comentários e recomendações.

 

Aceleração Edenred
Foram prorrogadas até 6 de maio as inscrições para o programa de aceleração Edenred Connect. Podem se candidatar startups que tenham sintonia com a proposta da empresa e soluções nas áreas de fintech, mobilidade, IoT, blockchain, veículos autônomos e elétricos, mobile payment, entre outros. Ao todo, cinco negócios serão selecionados para participar do processo com duração de seis meses e que inclui mentoria, incubação, desenvolvimento tecnológico e investimento. Mais informações no link acima.

Veja também:

“Empatizo com quem não quer (ou não consegue) abrir mão do poder. Isso pode te fazer melhor – mas dói”

- 8 de junho de 2018