SPONSORS:

Seleção Draft – O ano das startups

- 10 de dezembro de 2018
Este foi um ano e tanto para as startups brasileiras. Que venha 2019.

O ano das startups
Marcelo Nakagawa, professor de Inovação e Empreendedorismo no Insper, afirma que 2018 foi “o ano das startups”, citando, no Blog do Empreendedor (link acima), feitos que contribuíram para a evolução do ecossistema brasileiro. Ele começa falando sobre o anúncio, em janeiro, do primeiro unicórnio nacional, o 99. E não foi o único, como aponta: vieram depois PagSeguro, Nubank, Stone, Arco e Movile. Além disso, o autor fala da criação do inovaBra e da expansão do Cubo, além da atualização da Lei de Informática (que permitirá a empresas do setor investirem até 2,7% da sua receita bruta em fundos de venture capital, aceleradoras ou diretamente em startups). Ele ainda menciona a chegada do Softbank no país, com aporte de 400 milhões de reais na Loggi, e o investimento de 250 milhões de reais da General Atlantic no QuintoAndar. Nada mal para um ano tão conturbado em outras áreas.

 

CEOs estreantes
No VentureBeat, Andy MacMillan, CEO da UserTesting (plataforma de pesquisa de customer experience), compartilha seis fatos relacionados à liderança que um CEO de primeira viagem deve ter em mente. Entre eles: saber que estará “na mira de um microscópio”, ou seja, tudo o que disser ou falar ganhará destaque; entender que se trata de uma missão um pouco solitária; e aprender a balancear estratégia e execução. Leia mais no link acima.

 

Tire o ego do caminho
Ainda falando sobre liderança, John Hall, cofundador do app de gestão de tempo Calendar, indica, no Inc., maneiras de um fundador controlar seu ego e não deixar que isso se torne empecilho na hora de fundar uma startup. Ele aconselha focar as energias no cliente, não se levar tão a sério, aceitar a ajuda de outras pessoas, contratar colaboradores que considere mais espertos do que ele mesmo, não microgerenciar e, por último, mas não menos importante, não se comparar. John diz no link acima:

“Quando você se incomoda com o sucesso alheio, é o seu ego dizendo que você é melhor do que os outros ou que não é bom o suficiente. Seja qual for a opção, o resultado é prejudicial”

 

A República dos Editores
Adriano Silva, publisher do Draft, lança nesta quarta-feira (12), em São Paulo, o livro A República dos Editores – As histórias de uma década vertiginosa na Editora Abril (Rocco). A publicação traz os bastidores da editora e de títulos como Superinteressante, Exame e Capricho. Além disso, o livro traça uma panorama do que aconteceu com a indústria de revistas no Brasil nos últimos 20 ano. Já dá para matar a curiosidade e ler um trecho da obra aqui. Mais informações sobre o evento no link acima.

1787 Total Views 1 Views Today
Veja também: