SPONSORS:

Seleção Draft – O fim da sabatina

- 12 de Abril de 2018
Depois de dois dias de sabatina, Mark Zuckerberg ainda saiu no lucro, com a empresa 24 milhões de dólares mais rica (Imagem: PBS NewsHour/Reprodução).
Depois de dois dias de sabatina, Mark Zuckerberg ainda saiu no lucro, com a empresa 24 milhões de dólares mais rica (Imagem: PBS NewsHour/Reprodução).

O fim da sabatina
Após mais de dez horas de sabatina, chegou ao fim o “puxão de orelha” oficial em Mark Zuckerberg. Para Dennys Antonialli, diretor do Internetlab, centro de pesquisa em Direito e Tecnologia, tudo não passou de um “teatro de cúmplices”. No Estadão (link acima), ele diz que o Facebook só existe da forma como é porque o Congresso nunca implementou um modelo regulatório que protegesse a privacidade dos usuários. Em seu depoimento, Mark prometeu providências em relação ao vazamento de dados de 87 milhões de pessoas (inclusive os dele próprio), mas admitiu que o Facebook coleta informações até de quem não é usuário. Mesmo assim, saiu no lucro. A Qz destaca que as ações do negócio subiram e ele está 24 bilhões de dólares mais rico após o depoimento.

 

Como funciona o vesting
A advogada Paula Tudisco fala sobre como funciona o contrato de vesting, que pode ajudar a proteger startups. Esse modelo contratual, como ela afirma no Computer World, permite que os funcionários tenham participação societária na empresa após um período mínimo de dedicação. A ideia com isso é atrair talentos, possibilitando que o colaborador seja recompensado de acordo com a contribuição (em forma de trabalho) que trouxer à startup. Leia mais no link acima.

 

UX susntentável
A Fast Company (link acima) aborda 0 conceito de UX sustentável ou verde, uma nova forma de pensar o design de produtos digitais que leve em consideração o uso de menos energia. Segundo o texto, se a internet fosse considerada um país, estaria prestes a se tornar o quarto maior emissor de CO2 do planeta, atrás apenas dos Estados Unidos, China e Índia. Os custos ambientais, de acordo com o artigo, têm relação com a maneira como os sites e apps são construídos. Ou seja, quanto mais limpo e simples é o design, menos uploads nas páginas são necessários e, consequentemente, menos energia é gasta.

 

Aceleração do Google
Vão até o próximo dia 23 as inscrições para o Launchpad Accelerator São Paulo, programa de aceleração do Google com o objetivo de ajudar startups a desenvolverem seus produtos e superar desafios tecnológicos nas áreas de AI, machine learning, Android, entre outros. Com duração de três meses, o programa conta com mentoria de especialistas, acesso antecipado a novas tecnologias da empresa e investimento entre 20 mil e 100 mil dólares de créditos em produtos Google. Os interessados em participar devem preencher o cadastro do link acima.

Veja também: