Seleção Draft - O mito de falhar rápido | Seleção Draft | Projeto Draft


SPONSORS:

Seleção Draft – O mito de falhar rápido

- 6 de junho de 2018
Falhar é sempre doloroso para qualquer empreendedor. O importante é ter tempo para assimilar os aprendizados.

O mito de falhar rápido
Falhar rápido pode até ser bom, mas nem por isso é menos doloroso. Na Fast Company, Roger Hardy, CEO do fundo Hardy Capital, afirma que este “mantra” amplamente divulgado no ecossistema empreendedor é simplista, pois pivotar uma ideia e buscar novas inspirações após um fracasso não é fácil. No texto (link cima), ele aponta o que considera ter aprendido, a duras penas, após ir à falência:

1) Assumir as responsabilidades é regra do jogo;
2) Seu negócio é quem você contrata;
3) Nem todos os envolvidos com uma startup têm a velocidade adequada;
4) Se falhar rápido, leve o tempo que for necessário para aprender de verdade.

 

Nova geração de anjos
Segundo a Anjos do Brasil, o país possui hoje sete mil investidores-anjos, número que vem crescendo, em média, 15% desde 2011. O Estadão compartilha histórias e experiências de gente que decidiu seguir este caminho e destaca que esta nova geração de investidores, além de dinheiro no bolso, precisa colocar a mão na massa (tempo de mentoria e como membro do conselho nos negócios que aportam) e “ter estômago para aguentar os altos e baixos das startups”. Leia mais no link acima.

 

Mudanças na Startup Farm
A Startup Farm acaba de passar por uma série de mudanças. Primeiro, no sexta-feira passada, o fundador Felipe Matos deu adeus à aceleradora. Em seu perfil no Linkedin, ele disse que vai se dedicar a partir de agora a novos projetos, como a 10K Startups, plataforma de educação e apoio ao empreendedorismo, e à Carambola Tecnologia. No texto (link acima), ele ainda agradeceu aos “farmers”, amigos, parceiros e colaboradores desta jornada. Já esta semana, , como mostra a PEGN, a aceleradora anunciou uma troca de sede: deixa o Google Campus para ocupar a Unibes Cultural. Outra novidade é a parceria com o Banco do Brasil em um novo programa de aceleração que selecionará até dez startups.

 

Virada Empreendedora
Já é neste fim de semana a Virada Empreendedora, em São Paulo. Em sua 8ª edição, o evento realizará atividades simultâneas em dois locais (no Centro Paula de Souza e na Fatec Itaquera) e contará com uma série de arenas divididas por temáticas, entre elas: “inspiração”, “mentores”, “sua empresa vai virar” e “encontre seu investidor”. O Draft é Media Partner do evento que tem curadoria geral de Ana Fontes, da Rede Mulher Empreendedora, e inscrições gratuitas pelo link acima.

Veja também: