SPONSORS:

Seleção Draft – O risco das ilusões

- 30 de outubro de 2018
Cuidado com a criação de imagens em relação ao empreendedorismo que são apenas fumaça.

O risco das ilusões
Muitos aspirantes a fundadores começam suas trajetórias com algumas ilusões que podem afundar o negócio antes mesmo de ele ter dado as primeiras braçadas. O ReadWrite lista cinco “certezas”, que na verdade são fumaça, no link acima:

1) Vou ficar rico muito rápido;
2) Não precisarei captar investimento externo;
3) Será completamente diferente de gerenciar uma empresa tradicional;
4) Tudo se resolverá criando um aplicativo
5) Sou novo (ou velho demais) para começar um negócio.

 

Marketing na era da AI
No LinkedIn, a growth hacker Carol Merten escreve sobre como humanizar o marketing na era da inteligência artificial. Em primeiro lugar, ela diz para não usar essa tecnologia para inundar consumidores com estatísticas sobre sua empresa, mas sim para iniciar uma conversa sobre o que seu negócio valoriza e como impacta na vida das pessoas. Em seguida, ela recomenda instruir o setor de TI da empresa para que entenda a necessidade desse “movimento humano”. Além disso, a autora afirma que é preciso conversar com o cliente, mesmo que por meio de assistentes virtuais — que podem ter uma voz mais “atraente” — para extrair insights interessantes das informações fornecidas por eles.

 

Empreste ideias
Ninguém precisa inventar a roda, fato. Por isso, quando um empreendedor decide inovar, ele pode “emprestar” ideias de outros negócios utilizados em seu dia a dia, como diz Craig Bloem, fundador da plataforma de criação de logos FreeLogoServices.com, no Inc. Logicamente não se trata de copiar, mas analisar e anotar o que te agrada, por exemplo, no processo de compra com essa outra empresa, quais são suas impressões em relação à experiência inicial e a de longo prazo, como é o site dela, a forma de empacotamento etc. Leia mais no link acima.

 

Semana Global de Empreendedorismo
Acontece entre 5 e 9 de novembro, simultaneamente em 167 países, a Semana Global de Empreendedorismo. No Brasil, a 11ª edição do evento é coordenada pelo Sebrae e tem como tema “Empreendedorismo jovem: a hora é agora?”. Os interessados podem acessar o site, no link acima, para conferir se há programação em suas cidades.  As atividades são todas gratuitas.

Veja também: