Seleção Draft - O tão sonhado software | Seleção Draft | Projeto Draft


SPONSORS:

Seleção Draft – O tão sonhado software

- 28 de novembro de 2017
Muita paciência: um dos requisitos para quem aposta em um negócio de software, que pode demorar anos para ser desenvolvido (Imagem: Pexels/Reprodução).
Paciência é um dos requisitos para quem aposta em um negócio de software, que pode demorar anos para ser desenvolvido (Imagem: Pexels/Reprodução).

O tão sonhado software
No Foundr, David Abrams, CEO da plataforma de webinar Demio, detalha a saga que envolve a criação de um negócio no modelo SaaS (de software as a service, ou software como serviço) — considerado atrativo pelo baixo custo em infraestrutura e receita recorrente com assinaturas. Apesar do retorno prometido, há uma série de desafios para quem empreende nessa área, tais como: o tempo de desenvolvimento de um software (de 5 a 7 anos, no seu cálculo), a necessidade de validar e pivotar o produto constantemente e a contratação, o quanto antes, de uma pessoa que entenda do assunto na equipe. Leia mais no link acima.

 

Marketing para startups
No começo de uma startup é comum o fundador acabar fazendo tudo sozinho, inclusive a divulgação e a venda de seus produtos e serviços. Nem todos têm experiência nesse setor e com o tempo pode ficar difícil escolher a melhor estratégia para divulgar o negócio. Para ajudar nisso, o Business.com traz oito dicas práticas de marketing. Entre elas (no link acima), estão:

1) Terceirizar a produção de conteúdo e investir em publicidade paga no Google;
2) Priorizar vídeos nas campanhas e buscar um influenciador digital;
3) Esperar para investir em recursos de SEO (pois, seu retorno é lento);
4) Valorizar o e-mail marketing (considerado mais eficiente do que as redes sociais). 

 

Repense o fracasso
Em seu artigo no Inc (link acima), Geeta Nadkarni, fundadora da Baby Got Booked (plataforma com dicas de comunicação para empreendedores), propõe enxergar o fracasso sobre outro viés. Ela diz que a maioria das histórias inspiradoras vem de pessoas que se arriscaram, ignoraram opiniões contrárias, envolveram-se no processo e expuseram seus erros, sem medo de rejeição. E defende que as conquistas surgem da visão, da ação e também da rendição, afinal:

“O fracasso não precisa ser uma bomba destruidora da moral”

 

Think Global
O Sebrae de Uberlândia (MG) realiza amanhã o Think Global: Diplomacia da Inovação. O evento pretende compartilhar as experiências do processo de internacionalização de startups, desenvolvimento de produtos para novos mercados, aplicação para programas de aceleração em outros países e atração de fundos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no link acima.

Veja também: