SPONSORS:

Seleção Draft – O timing do cliente

- 11 de fevereiro de 2019
Antes de sonhar com o seu produto, pense se ele resolverá um problema real do seu público-alvo ou se será só mais um item na prateleira.

O timing do cliente
Amit Somani, sócio do fundo de investimento Prime Venture Partners, diz que os empreendedores passam tempo demais pensando sobre suas ideias, produtos e no negócio em si, mas se esquecem de gastar energia desvendando melhor sua audiência e se as soluções que inventaram vão resolver uma “dor” real. Para não errar no timing justamente com os clientes, ele recomenda no Your Story (link acima) que o fundador primeiro descubra se o que ele considera ser um problema para o consumidor, de fato, se mostra dessa maneira. Depois, ele precisa identificar se o seu público-alvo percebe aquilo como um problema e, por fim, usar as soluções que o consumidor já está acostumado para entender onde está o gap, o que precisa ser aprimorado e como sua oferta pode se mostrar imbatível.

 

Os efeitos das mídias sociais
A Kantar Ibope divulgou um relatório sobre a influência dos algoritmos e das redes sociais (usadas por 40% da população) na publicidade e no modo como as pessoas se relacionam com as marcas no mundo digital. Entre as tendências para este ano, o documento aponta que as plataformas devem começar a oferecer a opção de “escapar” dos algoritmos (ou seja, não passar por uma seleção prévia dos posts que você visualiza no seu feed, por exemplo), que as marcas voltarão a investir em canais próprios de mídia e que o comércio social deve crescer, com destaque para “pontos de venda” como o Instagram Shopping e o Shoppable AR, do Snapchat. O download completo da pesquisa está disponível no link acima mediante o preenchimento de alguns dados.

 

Medo é combustível
A coach Caroline Castrillon escreve, na Forbes, sobre o medo que as pessoas têm de empreender. Ele é tanto que 1/3 dos norte-americanos tem mais receio de começar um negócio do que saltar de um avião! No entanto, ela afirma, no link acima, que esse sentimento pode ser um combustível para impulsionar o sonho de ter a própria empresa. As dicas para transformar o pavor em sucesso são: aprender a se sentir bem com o desconhecido, não pensar na possibilidade de fracasso (mas no que se perde ao não arriscar) e abraçar o aprendizado (por meio de leituras, networking, mentores etc). Caroline ainda reforça:

“O segredo é alimentar seus sonhos, desnutrir seus medos e, acima de tudo, acreditar em si mesmo”

 

MudaMundo
A Grão Germinadora realiza entre amanhã e sexta-feira (15) o MudaMundo — Congresso Online de Empreendedorismo Social. Serão três palestras por dia, a partir das 19 horas, com nomes como Welson Alves (embaixador do Movimento Choice), Nelson Andreatta (CEO e fundador da Eats For You) e Daniel Izzo (cofundador e CEO da Vox Capital). Os convidados vão falar sobre como consolidar e colocar em prática um empreendimento que gere resultados com forte retorno social. O evento será 100% online e gratuito. As inscrições e o acesso à programação estão disponíveis no link acima.

1055 Total Views 1 Views Today
Veja também:

A Sitawi Finanças do Bem mobiliza capital para investimento em organizações e negócios de impacto

- 30 de julho de 2019

Uma editora orgulhosamente periférica: a LiteraRUA dá voz a quem vive e escreve nas bordas de São Paulo

- 15 de julho de 2019