SPONSORS:

Seleção Draft – Paixão não basta

- 20 de novembro de 2018
Não adianta apenas amar seu projeto: é preciso sobreviver às fases de tédio para chegar à satisfação.

Paixão não basta
Muitos “gurus” do empreendedorismo dizem que o essencial para um fundador conquistar o sucesso é ter paixão pelo seu negócio. Sem querer quebrar com o romantismo, ma sendo realista, isso não é o suficiente. É o que afirma o texto do Inc., apontando como estratégia mais prática a capacidade de lidar com o tédio. Ou seja, trabalhar para que um projeto, com o qual é preciso gastar semanas, meses ou anos, permaneça atrativo. As dicas do link acima para isso são: lembrar-se de que o que se sente (ansiedade ou medo, por exemplo) não durará para sempre, suavizar a rotina, permitindo-se pequenas recompensas ou distrações por tarefa finalizada e focar na execução em vez de no tempo gasto com cada atividade.

 

Trajetória no Vale do Silêncio
No Dia da Consciência Negra, a Exame traz uma entrevista com Monique Evelle. A soteropolitana é fundadora e CEO do Desabafo Social (organização que utiliza a comunicação e novas tecnologias para promover educação em direitos humanos) e de outras duas iniciativas. No texto (link acima), ela fala sobre empreendedorismo, sucesso, futuro do trabalho e projetos criados nas periferias — que chama de “Vale do Silêncio”, em referência ao Vale do Silício. Monique diz que não espera que sua trajetória seja tratada como exceção e destaca que empreender é cansativo: “Quando você chega aos lugares como CEO, as pessoas ainda perguntam pela sócia e tenho que falar que sou eu. A situação social não embranquece ninguém, ainda sou a mulher preta de ‘dread’”.

 

B2Mamy Start
Acontece nesta sexta-feira (23), em São Paulo, o B2Mamy Start, programa da aceleradora que conecta mães empreendedoras ao ecossistema de inovação, em parceria com o Google. O objetivo é orientar grupos de até 20 mulheres interessadas em tirar suas ideias do papel, validar ou inovar seu modelo de negócio. Cada participante terá a chance de sair do encontro com um Lean Canvas, uma rede de contatos e mentores. As inscrições para o programa da B2Mamy custam 300 reais e podem ser feitas pelo link acima.

Veja também:

Como o hub/sp busca conectar startups e o governo para, juntos, resolverem desafios públicos

- 14 de março de 2019

Para ajudar a filha a aceitar os cabelos naturais, ela abriu mão da progressiva e criou o Império dos Cachos

- 13 de março de 2019