SPONSORS:

Seleção Draft – Para não naufragar

- 25 de abril de 2019
Tome atitudes, ou pelo menos vista o colete salva-vidas antes do navio (no caso, a startup) naufragar.

Para não naufragar
Muitas vezes, as métricas dos negócios podem oscilar (de preferência, para cima!), mas nunca estagnar. Antes de isso acontecer e a startup correr o risco de naufragar, o investidor Shripati Acharya indica, no Your Story, que o empreendedor questione se é isso que se imagina fazendo daqui cinco anos. Se não for, melhor preparar um “exit elegante”. Se desejar seguir remando, o ideal é pensar estrategicamente no que pode ser feito. Criar um novo produto,  mais canais de distribuição, fazer parcerias com outras empresas são algumas das alternativas sugeridas pelo autor no link acima.

 

Eureka do impacto social
Na Aupa (link acima), Fabio Deboni, gerente executivo do Instituto Sabin, escreve sobre o momento em que um empreendedor se descobre também um empreendedor social: “Trata-se de um momento “eureka” de cunho identitário. Um certo rito de passagem, digamos”. O autor fala que ao assumir seu propósito como chave da proposta de valor do negócio, o que antes era algo desejável, passa a ser vital. Essa nova categoria “de impacto” também traz certo ônus, como buscar recursos financeiros (se isso já é difícil para empresas “tradicionais”, imagine para as que são “sociais”; entender que este é um micro ecossistema e que as pessoas ainda precisam ser “catequizadas” e que, às vezes, será preciso “pregar no deserto”).

 

Sono é poder
Empreendedores são seres suscetíveis à privação do próprio sono, diz a coach Caroline Castrillon na Forbes.

“Nos primeiros dias, é tentador ficar acordado a noite toda ou dormir por algumas horas enquanto faz sua empresa decolar. Em vez de beneficiar sua startup, essa rotina vai sair pela culatra ao longo do tempo”

O alerta é claro: o sono é um dos investimentos mais importantes para um fundador de sucesso. No link acima, a autora afirma que descansar não é um luxo. Afinal ao investir em sua própria saúde, o empreendedor está apostando no futuro do seu negócio.

 

Programa Nexos
Terminam na próxima terça-feira (30) as inscrições para empresas que queiram participar do Programa Nexos, iniciativa do Sebrae e da Anprotec para promover a integração das médias e grandes corporações com startups por meio de aceleração. Os investimentos nos negócios aprovados variam de 100 mil reais a 250 mil reais. Mais informações no link acima.

1224 Total Views 2 Views Today
Veja também:

“Para mudar, estou tirando as peles, as máscaras, os disfarces e indo na essência de quem eu sou”

- 7 de junho de 2019

Com colchões superpremium vendidos em caixas, a Zissou quer melhorar a relação das pessoas com o sono

- 3 de junho de 2019