SPONSORS:

Seleção Draft – Pequenos grandes passos

- 7 de fevereiro de 2019
Na jornada empreendedora, não adianta já sair correndo: os primeiros e pequenos passos são os mais importantes para definir o futuro do negócio.

Pequenos grandes passos
Há um certo mito dentro do ecossistema empreendedor de que a parte mais difícil da jornada de um fundador é transformar seu produto em um fenômeno. Ledo engano, segundo Edrizio De La Cruz, CEO da Arcus (empresa que cria APIs de bancos). O maior desafio, diz ele no Entrepreneur, consiste em provar que a ideia da startup se sustenta e, para isso, é preciso passar pelos seguintes obstáculos (listados abaixo e detalhados no link acima):

1) Entender se é melhor seguir estritamente pesquisas ou a intuição;
2) Ir a fundo para saber por que as coisas não estão funcionando;
3) Matar ideias pelas quais se apaixonou;
4) Responder diariamente a perguntas espinhosas.

 

Yunus Corporate
A PEGN fala do lançamento do “Yunus Corporate”, braço do Yunus Brasil focado em ajudar grandes empresas na área de negócios sociais. O objetivo da nova área, que realizou pilotos nos últimos dois anos com clientes de peso (Ambev, Natura, Cielo, Johnson & Johnson, Caixa e Nestlé), é lançar três novos projetos até março. Para Rogério Oliveira, presidente e fundador da organização no Brasil, vivemos uma “segunda geração do marketing de causa”. Se antes, as empresas investiam em iniciativas sociais para impulsionar a construção de suas imagens, mas o impacto real era pouco, agora ele afirma que o foco é obter resultado primeiro, e só depois colher os frutos do marketing. Leia mais no link acima.

 

AR e VR na prática
Como usar a Realidade Aumentada (AR) e a Realidade Virtual (VR) para criar mais engajamento e novas formas de as pessoas interagirem com seu produto ou serviço? O ReadWrite (link acima) responde esta pergunta apontando quatro caminhos. Utilizar essas tecnologias para os clientes testarem sua oferta antes de comprá-la é um deles (pode ser desde a simulação do uso de uma maquiagem a um carro). Outra opção é promover experiências do usuário mais imersivas, o que gera mais conexão com a marca (um exemplo simples é oferecer em seu site um tour virtual em 3D pela sua empresa). Ainda é possível criar treinamentos personalizados para colaboradores, garantindo maior resultado e satisfação, e sobrepor-se à concorrência, já que como esses recursos são relativamente novos, a chance de você ser o pioneiro na sua área em adotar esse modelo, com um app bem básico, é grande.

 

Aceleração Spin
Vão até 17 de fevereiro as inscrições para o 5º ciclo de aceleração da Spin, especializada em startups que possam atender diferentes segmentos da indústria. O programa, que terá início em 13 de março, irá oferecer mentorias com metodologias exclusivas do Vale do Silício, estrutura de escritório e salas de reunião em quatro cidades, programas de governança corporativa, conexão com possíveis clientes, indústria e grandes empresas, coaching, workshops e assessoria jurídica e contábil. Mais informações no link acima.

1831 Total Views 1 Views Today
Veja também:

Única brasileira no K-Startup, a VRGlass mira o mercado asiático com suas soluções de realidade estendida

- 11 de setembro de 2019