SPONSORS:

Seleção Draft – Potato Valley

- 13 de setembro de 2018
Além de ponto de intervenções e protestos, o Largo da Batata passou a ser visado por fundadores (Imagem: Sergio Gonzalo Cuellar Mansilla-Flickr/Reprodução).

Potato Valley
É assim que “carinhosamente” alguns empreendedores e investidores apelidaram o Largo da Batata, em São Paulo, como mostra a Exame (link acima). Localizado no bairro de Pinheiros, na zona oeste, a região — que combina aluguéis acessíveis, infraestrutura de transporte e uma rede de bares e restaurantes — tem atraído fundadores (além de já ser ponto corriqueiro de protestos e agitos culturais). Segundo levantamento feito pela publicação, 20 startups têm sede nas proximidades do “Potato Valley”, além de outros empreendedores instalados em quase 20 coworkings do bairro (quatro só no Largo).

 

Yellow no azul
A Yellow acaba de captar 63 milhões de dólares da GGV Capital. De acordo com a Época Negócios, a empresa de mobilidade urbana (que trabalha com bicicletas sem estações fixas na capital paulista), preferiu não divulgar estimativa de valor de mercado. Mas com base nos dados da CrunchBase, o texto indica que esse é o aporte mais alto já captado por uma startup latino-americana em uma rodada série A. O investimento deve ser usado para entrar em grandes cidades do interior de São Paulo, outras capitais e países da América Latina. Além disso, a startup mira a fabricação de patinetes elétricos. Leia mais no link acima.

 

Festemp
Acontece entre domingo e segunda-feira (16 e 17), em São Paulo, o Festival de Empreendedorismo da Fiesp. O Festemp é gratuito e pretende dar ao público uma nova perspectiva sobre o futuro do empreendedorismo no Brasil e fazer com que projetos saiam do papel. O encontro inclui 25 painéis com 37 palestrantes sobre temas atuais do ecossistema, além da chance do empreendedor tirar o CNPJ no mesmo dia. Entre os convidados estão: Elena Senik (fundadora da Umbô), Moira Malzoni (fundadora do Estúdio de Meditação Moved by Mindfulness) e Gaya Machado (treinadora comportamental e Coach de Vida e Carreira). Mais informações no link acima.

 

Lab Habitação
Vão até dia 24 as inscrições (no link acima) para o Lab Habitação: Inovação e Moradia. O programa de aceleração de curto prazo busca 15 negócios de impacto social com soluções inovadoras no setor de habitação. Os selecionados passarão por uma imersão de seis semanas, que inclui workshops presenciais e webinares com foco no refinamento do modelo de negócio e impacto social das soluções. Até três startups que se destacarem ao longo do projeto (realizado pela Artemisia e Gerdau, com apoio do Instituto Vedacit, Grupo Tigre e Eternit) receberão capital semente e mentoria extras.

Veja também:

Como é andar de patinete elétrica, a nova “moda” urbana, em São Paulo

- 25 de setembro de 2018
7119 8 0

Nascido na Artemisia, o Movimento Choice lucra ao formar jovens dispostos a mudar o mundo

- 30 de julho de 2018
9103 4 0