SPONSORS:

Seleção Draft – Regras de fidelidade

- 17 de julho de 2018
Atitudes simples podem garantir a lealdade do cliente.

Regras de fidelidade
Bill Green, CEO da financiadora de investimentos residenciais LendingOne, diz que as regras básicas para startups conquistarem público fiel são simples, mas precisam ser seguidas à risca. No Inc., ele fala que a primeira delas é se conscientizar de que o serviço de atendimento ao cliente não é apenas mais um departamento da empresa, mas parte de sua cultura. Por outro lado, o autor afirma que de nada adiante ser simpático e não escutar de verdade o que é dito. Por isso, a segunda regra é colher os feedbacks e ajudar o consumidor a resolver seus problemas. E a terceira trata de calçar os sapatos do usuário e entender seu universo. Para isso, indica humildade, menos certezas e mais dúvidas. Leia mais no link acima.

 

O que os anjos valorizam
O e27 lista atitudes que investidores-anjos valorizam em um fundador na hora de negociar um aporte. Entre elas, mandar e-mails direcionados e personalizados, o que ajuda a chamar atenção e soa menos como um spam enviado a diversos possíveis financiadores. De acordo com o texto (link acima), saber falar o porquê a startup faz algo e não somente o que ela faz é outro diferencial, além de ser uma pessoa disposta a aprender e ser flexível com opiniões externas, pois muitos anjos não querem colocar apenas dinheiro em jogo, mas apoiar o empreendedor com mentorias e conselhos.

 

Interdependência
O consultor George Bradt escreve na Forbes (link acima) sobre interdependência, parte do conceito geral de cultura da empresa que pressupõe que as pessoas trabalhem juntas para atingir objetivos comuns. Para isso, ele diz, é muitas vezes necessário que a equipe supere limites geográficos, funcionais e até organizacionais (já que alguns colaboradores podem ser terceirizados). O autor ainda aponta que, em negócios com esta mentalidade em vista, as barreiras entre empregados, contratantes, fornecedores, clientes e competidores costumam desaparecer, impulsionando os resultados.

 

Emerge Labs
Projetos de base científica e que promovam impacto socioeconômico têm até o dia 22 para se inscrever na 2ª edição do Emerge Labs, programa que pretende alavancar o valor de mercado destes empreendimentos e suas tecnologias, com base em desenvolvimento de competências empreendedoras específicas, mentoria especializada e networking. Podem se candidatar cientistas, pesquisadores, professores e profissionais de startups com soluções nas áreas de alimentação, nanotecnologia, saúde e biotecnologia. Ao todo, serão selecionados 16 projetos. Mais informações no link acima.

Veja também: