SPONSORS:

Seleção Draft – Saiba usar o megafone

- 22 de agosto de 2018
Chame atenção de forma simples: mostre o melhor de sua startup.

Saiba usar o megafone
O YoungUpstarts (link acima) traz dicas simples, porém válidas, de como uma startup que está dando seus primeiros passos pode “espalhar sua palavra”. A primeira é se valer de todas as estratégias de marketing digital possíveis, seja um site, vídeos, compra de publicidade em redes sociais etc. A segunda é se inscrever em concursos (pois, segundo o texto, prêmios são um grande chamariz). A terceira recomendação é engajar-se (desde que faça sentido, claro!) com uma questão de impacto socioambiental importante — isso trará benefícios internos para o negócio e para a imagem da marca. Por fim, a quarta é focar no atendimento ao cliente, buscando sempre melhorar o serviço e entender suas necessidades.

 

Falta formalização
As startups brasileiras vivem um drama burocrático. É o que mostra um estudo realizado pelo escritório Nogueira, Elias, Laskowski e Matias Advogados e publicado na Época Negócios. O levantamento ouviu 108 empreendedores e investidores brasileiros e mostrou que 21,31% dos negócios não possuem sequer documentação de constituição. O texto (link acima) destaca que a falta desse elemento básico acaba acarretando, mais tarde, dificuldades até mesmo para a contratação de funcionários. A pesquisa também questionou o que o governo poderia fazer para fomentar o empreendedorismo e a inovação no país. Cerca de 70% apontaram como caminho leis de incentivo e benefícios fiscais destinados a startups. Leia mais no link acima.

 

Mais rápido impossível
As coisas estão mudando mais rápido do que nunca. É esse o tema abordado pelo artigo do Singularity Hub, que descreve as “forças” que vão acelerar essas transformações na próxima década, de acordo com a visão de Peter Diamandis, cofundador da Singularity University. Entre elas, a abundância de tempo trazida pela tecnologia (tudo bem que gastamos todas as horas que deixamos de desperdiçar em frente aos smartphones, mas não deixa de ser uma mudança na gestão e disponibilidade de tempo), o aumento da longevidade e a facilidade de comunicação (hoje, metade do mundo está conectado à internet). Para aqueles que se questionam como acompanhar tantas mudanças, Peter destaca:

“O mundo está ficando mais rápido e o poder que você tem para mudá-lo também está ficando maior”

 

HEALTH+
Vai até 31 de agosto o prazo para startups se inscreverem no HEALTH+. O programa, criado pela Grow+ Aceleradora, busca soluções na área da saúde que façam uso de tecnologias como big data, inteligência artificial, blockchain e chatbots. As selecionadas receberão até 1 milhão de reais, sendo o investimento dividido entre auxílio financeiro e um programa de aceleração que envolve mentorias e consultorias. Mais informações no link acima.

Veja também: