SPONSORS:

Seleção Draft – Sem pânico ao precificar

- 28 de junho de 2019

Sem pânico ao precificar

“Não é seu trabalho fazer com que os clientes economizem dinheiro”

A frase é do coach Jason Aten. No Inc., ele afirma que muitos empreendedores sofrem para cobrar o que realmente custam seus produtos ou serviços. Esse medo de precificar pode afastar os consumidores, alerta. Para evitar que a ansiedade na hora de colocar o cifrão em seu devido lugar prejudique o negócio, Jason dá algumas dicas: saiba explicar o que você está cobrando (os benefícios do produto, a proposta de valor, o trabalho envolvido etc); pratique falar sobre preço para que isso se torne menos intimidativo (faça uma espécie de pitch do assunto, diz o autor); e entenda que nem todo mundo é seu público (sempre haverá quem não veja valor no que você oferece, paciência!). Leia mais no link acima.

 

Ex-aceleradora
A ACE, fundada há sete anos em São Paulo, anunciou esta semana um reposicionamento: deixou de ser uma aceleradora para atuar como uma empresa de inovação que  investe em startups. O motivo, segundo o cofundador Pedro Waengertner na newsletter semanal da ACE: “Por mais que nosso time se esforce em dar mentorias e ajudar empreendedores de todo país em nossos cinco hubs, não conseguimos atender todos que gostaríamos”. Para resolver esta questão, como mostra o Startupi (link acima), a equipe criou uma plataforma online gratuita e com credenciamento automático. Nela, o empreendedor encontra mais de 60 horas de conteúdo, comunidade, entre outros suportes para startups. A “ex-aceleradora” também deixa de aportar um deal fixo nas empresas, que antes era de 150 mil reais por 10% de equity. Agora, foi criado um fundo de 100 milhões de reais e o valor não será mais pré-estipulado, dependendo da necessidade e do potencial de cada startup.

 

Três dias de trabalho
A PEGN, no link acima, destaca que Richard Branson, fundador do grupo britânico Virgin, é a favor de uma jornada de trabalho de três dias semanas, implantando nas empresas de seu conglomerado férias ilimitadas e home office à vontade para incentivar equilíbrio entre vidas profissional e privada dos colaboradores. Enquanto isso, o InfoMoney traz uma fala de Bill Gates praticamente oposta. Em um evento realizado na última semana pelo fundo de venture capital Village Global, ele disse que os empreendedores precisam fazer sacrifícios no começo: “Particularmente, eu não acredito em finais de semana, nem em férias”, contou. Cada um com sua rotina!

 

Um up na bitcoin
Depois de um 2018 chinfrim, as coisas estão começando a melhorar para a bitcoin. Hoje de tarde, a moeda digital estava sendo negociada por pouco mais de 11 mil dólares, quase o dobro da cotação dessa mesma época, mas no ano passado (6 mil dólares). De acordo com a Folha de S.Paulo, a escalada se deve ao anúncio da criptomoeda Libra pelo Facebook, em parceria como empresas como Uber e Mastercard. A entrada da rede social e de outros gigantes estaria ajudando a tornar os dinheiros digitais menos assombrados. Leia mais no link acima.

654 Total Views 6 Views Today
Veja também: