SPONSORS:

Seleção Draft – Suba o preço sem assustar

- 1 de abril de 2019
Não tenha medo dos dígitos a mais: é possível aumentar o valor do seu produto sem espantar os clientes.

Suba o preço sem assustar
O YoungUpstarts traz dicas de como um empreendedor pode aumentar o preço de seu produto ou serviço sem perder os clientes. A primeira medida é ser sincero e avisar que o valor cobrado irá mudar. Apontar as razões para isso é outra forma de se blindar (aumento dos custos de produção, desejo de pagar mais aos funcionários, novos impostos etc.). Mesmo dando uma justificativa, o consumidor pode não ficar satisfeito, por isso é sempre bom ter uma carta na manga. Oferecer algo a mais, como o serviço de entrega gratuito ou uma versão mais barata (e consequentemente mais simples) de seu produto, é uma contrapartida para manter o público fiel apesar da mudança de valor. Leia mais no link acima.

 

À espera da inovação
Marcelo Nakagawa, professor de Inovação e Empreendedorismo do Insper, escreve no Blog do Empreendedor (link acima) que corporações não querem inovar, mas ser inovadas. Ao mesmo tempo em que as empresas se mostram preocupadas com o tema, ele parece não ser prioridade para ninguém. Segundo um relatório de 2018 da consultoria Mercer, 94% dos executivos ouvidos disseram que inovação era parte principal de sua agenda, mas apenas 39% tinham separado orçamento para esta área. Marcelo afirma:

“Empresas continuam a fazer a mesma coisa enquanto esperam resultado diferente; apostam que um relógio parado também acerta a hora duas vezes por dia”

 

Validando rapidinho
No Entrepreneur, Rashan Dixon, analista sênior de sistemas de negócios da Microsoft, compartilha três formas rápidas de um empreendedor validar sua ideia: ouvir as pessoas nas redes sociais; prestar atenção nos próprios problemas e ver se aquilo faz sentido para sua vida; e, por fim, pensar em questões futuras que a humanidade pode enfrentar. Neste último ponto, o autor diz que o empreendedor deve assumir uma postura “à la Elon Musk”, refletindo sobre possíveis dificuldades pelas quais pode passar daqui a alguns anos e se elas também farão sentido para o resto do mundo. Se a resposta for sim, está na hora de arregaçar as mangas e começar a transformar essa ideia em negócio.

 

Mostra a sua Energia
Estão abertas as convocatórias do BID para startups e empresas já estabelecidas com soluções inovadoras no setor de energia (iluminação pública, eficiência energética em prédios, e geração distribuída de energia solar). Os selecionados entrarão para a plataforma do Programa de Investimento em Gestão de Infraestrutura Pública para Eficiência Municipal, que estará disponível para gestores públicos interessados em contratar soluções inovadoras em seus projetos. As inscrições podem ser feitas até 30 de abril no link acima.

1368 Total Views 1 Views Today
Veja também: