SPONSORS:

Seleção Draft – Sucesso bomba

- 19 de setembro de 2018
Nem sempre um negócio explosivo é um bom negócio.

Sucesso bomba
Claro que todo empreendedor sonha com o sucesso, no entanto, quando isso acontece de forma repentina e pouco planejada, pode mais atrapalhar do que impulsionar o negócio. O YoungUpStarts (link acima) cita possíveis danos advindos desse tipo de fama: perder colaboradores para empresas interessadas no bom desempenho do seu time, expandir o empreendimento rápido demais (sem garantias), passar a competir com player mais fortes e deixar passar detalhes importantes. Já o Startups.co acredita que o sucesso —  e mesmo o fracasso — em uma empreitada podem ser benéficos para os próximos negócios (em especial para empreendedores seriais). E destaca que é preciso resiliência:

“Talvez seja loucura estar disposto a começar um negócio atrás do outro. Sabemos que será difícil e que haverá momentos de frustração. Apesar disso, a jornada vale a pena”

 

As 25 mais
O Linkedin elaborou uma lista com as 25 startups mais “desejadas” do Brasil.  Segundo o texto, foram analisados quatro critérios para a eleição: crescimento do quadro de funcionários, interesse de candidatos a vagas de emprego na companhia, engajamento do usuários com a empresa e seus funcionários e nível de atração exercida pela startup sobre talentos. Além disso, elas precisam ter no máximo sete anos de operação e empregar ao menos 50 funcionários. Dá para adiantar que as fintechs dominaram o ranking: as duas primeiras da lista são do setor (Nubank e Creditas), assim como boa parte das outras. Veja as outras no link acima.

 

Rompendo com o coach
Quando um empreendedor deve romper com seu coach? David Finkel, CEO da empresa de coaching Maui Mastermind, aponta, no Inc., três motivos razoáveis para essa “separação”. São eles (no link acima): não se sentir à vontade para ser sincero com o coach (por exemplo, ao dizer que não conseguiu cumprir uma meta), não ver progresso nas sessões, perceber que a visão que você e seu coach têm de sucesso são completamente diferentes.

 

Impact+
É grátis e acontece em Maringá (PR), no próximo dia 25, o Impact+, fórum regional de investimentos e negócios de impacto. Entre os palestrantes estão Mórris Litvak (fundador da MaturiJobs), Samuel Toaldo (fundador da Goleiro de Aluguel) e Gabriela Besser (fundadora do Portal Superação). Mais informações no link acima.

Veja também: