SPONSORS:

Seleção Draft – Um robô caçador de startups

- 22 de junho de 2018
Já existe uma AI capaz de "detectar" startups de sucesso antes mesmo de elas virarem um fenômeno.

Um robô caçador de startups
A Fast Company aborda o funcionamento da Motherbrain, AI capaz de “detectar” startups com potencial de mercado antes mesmo de se tornarem fenômenos. De acordo com o texto (link acima), os algoritmos do software, desenvolvido pelo fundo de VC sueco EQT Ventures, conseguem sinalizar as candidatas ideais analisando dados de financiamento, atividades nas redes sociais, classificações na internet e em apps. O sistema “prevê” o sucesso comparando as métricas da empresa com as de negócios semelhantes. Claro, existe a possibilidade de erro, por isso, o artigo destaca que a palavra final continua sendo a do investidor.

 

Criadores de movimentos
Em entrevista ao Singularity Hub, Jennifer Dulski, autora do livro Purposeful: Are You a Manager or a Movement Starter? e chefe de grupos e comunidade do Facebook, fala sobre como líderes podem se tornar “criadores de movimentos” em vez de serem apenas gestores. Segundo ela, enquanto os segundos fazem o melhor que podem com o que têm em mãos, os primeiros vão além das possibilidades e conseguem mobilizar outras pessoas. Independente da causa ou da indústria, ela diz que os “criadores de movimentos” têm as seguintes habilidades: desenvolver uma visão convincente, conquistar apoio, persuadir tomadores de decisão e navegar entre críticas e obstáculos. Leia mais no link acima.

 

Na hora de vender
A Harvard Business Review aponta como o modelo de assinaturas interfere no funcionamento do time de vendas, já que existem aí duas tarefas — a de reter e a de conquistar novos clientes. O artigo, no link acima, fala das vantagens de manter uma pessoa executando ambas as funções, como conquistar mais confiança do consumidor, desenvolver senso de responsabilidade no vendedor e evitar erros de comunicação. Por outro lado, o texto cita também os benefícios de dividir esses dois papeis: conseguir mais eficiência nessas missões, direcionar esforços para a aquisição e economizar na manutenção de usuários, usando recursos como chats e vídeos para ter contato com o cliente.

 

Digital Summit
Acontece no próximo dia 30, em São Paulo, o Digital Summit. O evento gratuito, promovido pela Digital House, contará com mais de 90 painéis de tecnologia e inovação, com especialistas como Marina Dolinsky (Agency Partner do Twitter), Mauricio Magaldi (Associate Partner da IBM) e Patricia Leka (Head of Self Service Advertising no LinkedIn). Entre as temáticas abordada: “A Evolução do Marketing”, “Inovação Exponencial”, “Startups: como chegar à série A” e “Blockchain: A nova era da colaboração”. O Draft é Media Partner do evento. Mais informações sobre a programação e inscrições no link acima.

Veja também:

Verbete Draft: o que é Job Crafting

- 11 de julho de 2018
6725 5 0
No Job Crafting, um funcionário não precisa mudar de área para que seu trabalho se torne mais prazeroso e produtivo. Ele pode transformá-lo.

A Atitude Inicial promove “micro-revoluções”, em Vitória, engajando pessoas em projetos de impacto social

- 18 de junho de 2018
9291 8 0

O Ateliê Catarina transforma livros em bolsas enquanto traz um novo propósito à vida de sua fundadora

- 13 de junho de 2018