SPONSORS:

Sodexo Accelerator começa a selecionar startups no Brasil

- 17 de outubro de 2019
Programa de aceleração do grupo francês foi desenhado para dar impulso a novos negócios capazes de melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Encontrar e impulsionar startups inovadoras que ofereçam soluções capazes de melhorar a qualidade de vida das pessoas nas mais variadas frentes. Este é o propósito do Sodexo Accelerator, programa que a companhia lançou com o apoio da Liga Ventures e está com inscrições abertas até 10 de novembro.

“Queremos encontrar negócios já com um bom nível de maturidade, capazes de levar simplicidade para questões que as pessoas enfrentam hoje no dia a dia”, diz Rubenson Chaves, diretor de Digital e Inovação da Sodexo On-Site Brasil e líder do programa de aceleração no País.

Segundo ele, valem soluções que melhorem o dia a dia das pessoas no trabalho, ideias para aprimorar a experiência no varejo e ainda serviços domiciliares, como sistemas que garantam atendimento hospitalar em casa, por exemplo. O importante, diz, é usar a tecnologia para resolver um problema real de forma simples para o usuário.

BENEFÍCIOS PARA OS DOIS LADOS

Como toda grande organização que se aproxima do ecossistema empreendedor, a Sodexo a  Sodexo entende que pode ser grande parceira das startups e alavancar muitos projetos e oportunidades. Rubenson diz que há três objetivos claros. O primeiro é, ao estar perto de jovens negócios, contribuir para criar na Sodexo uma cultura ágil, de certa urgência para o desenvolvimento de novas soluções e por resolver problemas.

Outra meta com o Sodexo Accelerator é garantir proximidade do ecossistema de inovação para acompanhar e, se for o caso, protagonizar movimentos. Além de também mapear as startups com soluções promissoras e ter a chance de acessar estes produtos e serviços ao contratar a empresa como fornecedora ou, ainda, ao investir no negócio como sócios minoritários.

“Aportar capital e internacionalizar a solução das startups são possibilidades reais. Nos dois casos, no entanto, queremos garantir que a empresa mantenha a própria cultura, sem impor a dinâmica da Sodexo”

Para as startups, trabalhar em parceria com a companhia significa ganhar escala rapidamente já que, só no Brasil, a Sodexo atende cerca de 1,5 milhão de pessoas diariamente e conta com mais de 5 milhões de usuários com seus cartões. “É um terreno muito fértil para novos negócios que buscam crescimento”, destaca Rubenson.

APROXIMAÇÃO DO ECOSSISTEMA EMPREENDEDOR

Fernando Cosenza, vice-presidente de Marketing, Digital, Inovação e Sustentabilidade da Sodexo Benefícios e Incentivos, diz que o plano de se aproximar de startups no Brasil vem amadurecendo há algum tempo. “Há cerca de três anos o Grupo criou um fundo global para investir em startups”, conta.

Segundo ele, o Sodexo Accelerator chega após a organização ter experimentado parcerias com jovens negócios na Europa, China e Índia. Fernando aponta que as expectativas são as melhores possíveis. “Estes negócios têm uma abordagem de mercado diferente. Muitas vezes, detectam e resolvem problemas que sequer identificamos”, diz. E resume: “Temos muito a ensinar, mas também bastante a aprender com estas empresas”. Agora é só acelerar.

2299 Total Views 7 Views Today
Veja também: