SPONSORS:

Já existe cartão pré-pago para adiantamento salarial. E o melhor: sem dívida

- 31 de janeiro de 2019
Cartão ajuda trabalhador que precisa de dinheiro e empresa não precisa dispor de caixa para isso. Produto conta ainda com orientação financeira para o usuário.

Esticar o salário até o fim do mês não é tarefa fácil. Não à toa,  73% dos brasileiros não conseguem fazer a grana chegar até o próximo salário cair. Entre as contas, necessidades básicas e dívidas, muitas vezes nem sobra para os imprevistos. E quando eles acontecem, tudo se complica.

“São diversas razões para o salário não chegar ao fim do mês: dificuldades, doença, remédio, outros imprevistos. E muitas vezes as pessoas pedem um adiantamento salarial para resolver a questão”, explica Bruno Martucci, Head de Produtos Pré-Pago da Sodexo Benefícios e Incentivos.

Para facilitar e otimizar isso, a Sodexo oferece YEX, um cartão pré-pago para o adiantamento salarial, que funciona como um cartão de débito para o usuário.

Empresa só paga no dia do salário

O adiantamento salarial, Bruno explica, é um recurso que precisa ser utilizado de forma muito cuidadosa, tanto pelo funcionário, quanto pela empresa.

Para a empresa, é complexo porque exige uma disposição de caixa que nem sempre é possível. Já do lado de quem recebe, o problema é a bola de neve que pode se criar se não houver planejamento financeiro.

O cartão pré-pago para adiantamento salarial oferecido por uma parceria entre a Sodexo e a YEX, funciona para o empresário por possibilitar que o dinheiro seja adiantado para o funcionário, mas a fatura seja paga somente no dia real do vencimento da folha, através do desconto em folha. Ou seja, a empresa acaba não adiantando nada. Sem cobranças de juros por isso.

Até 30% do salário adiantado

Já para o trabalhador, o cartão traz uma série de benefícios. Ele possibilita adiantar até 30% do salário sem juros também. Basta usar o cartão para fazer compras ou sacar o dinheiro, até que esse limite seja atingido. Além disso, é possível fazer saques parcelados, pagando uma pequena taxa.

Mas a principal vantagem mesmo está fora do cartão. É um serviço exclusivo chamado Apoio Pass. “A gente entende que se o usuário precisou fazer um adiantamento salarial, é porque alguma coisa não está bem”, afirma Bruno. Para ajudar a lidar com o cerne da questão que levou à necessidade de dinheiro é que foi criado o Apoio. Trata-se de um atendimento psicológico, jurídico e econômico, uma orientação pessoal e financeira completa.

Como funciona esse apoio?

O trabalhador que usa o cartão de adiantamento salarial pode ligar na central 24 horas para pedir orientação. Profissionais qualificados vão atendê-lo para entender suas questões e sugerir alternativas para encontrar equilíbrio.

A pergunta central é: por que essa pessoa precisou do adiantamento? Entendendo se foi um fator econômico, legal ou de saúde, os orientadores podem sugerir formas para que o trabalhador consiga reorganizar sua vida financeira, para que a situação não se complique.

Além disso, é comum que crises financeiras causem estresse e outros problemas emocionais, por isso, a rede conta com profissionais preparados para prestar atendimento psicológico e ajudar a pessoa a passar por esse momento.  

Quer conhecer mais histórias da Sodexo? Clique aqui!

2110 Total Views 1 Views Today
Veja também:

“Um trabalho de construção de marca bem-feito ajuda a vender mais, seja uma ideia, um produto ou um serviço”

- 8 de agosto de 2019