SPONSORS:

Uma grande transformação está em curso no sistema elétrico: conheça o smart grid

- 5 de julho de 2017
As redes inteligentes têm capacidade de identificar falhas no sistema elétrico e corrigi-las mais rapidamente
As redes inteligentes têm capacidade de identificar falhas no sistema elétrico e corrigi-las mais rapidamente

 

Neste momento, a AES Eletropaulo está operando uma grande transformação no sistema elétrico, que impactará positivamente a vida de milhões de clientes nos próximos anos, graças a uma combinação de tecnologias que se resumem no conceito de smart grid, ou “rede inteligente”. Tecnologias que são sinônimo de uma ocorrência menor de falhas elétricas, de menor tempo de manutenção, e de uma comunicação mais ágil e direta com os clientes.

Primeiro, é importante entender como funciona o sistema tradicional de distribuição de energia elétrica. Nesse caso, o fluxo da eletricidade é sempre em sentido único. Ele começa na distribuidora e segue até a residência do cliente, onde supre a demanda de seus eletrodomésticos e outros aparelhos. O consumidor recebe a energia e só fica sabendo o quanto consumiu e quanto vai pagar no final do mês. No sistema tradicional, não é possível obter informações da conta em tempo real, ainda que o sistema de on site billing (ou conta instantânea) tenha facilitado o processo, com a emissão da conta feita junto à medição.

Isso muda dentro de uma rede inteligente, ou smart grid. Neste caso, o mesmo sistema que antes era utilizado apenas para distribuir a energia para a casa do cliente passa também a receber dados em tempo real. Isso significa que o cliente pode acompanhar instantaneamente o seu consumo de energia sem precisar esperar pela conta, graças a equipamentos como o smart meter, ou medidor inteligente de eletricidade, que faz a atualização desses dados no sistema o tempo todo. Para acessar essas informações, o cliente pode utilizar diferentes canais, como na Agência Virtual, ou ser atualizado por meio de SMS, e-mail e aplicativo.

Mas essa é apenas uma parte dos benefícios oferecidos pelo smart grid. Outro elemento importante é a capacidade que as redes inteligentes têm de identificar falhas no sistema elétrico e corrigi-las mais rapidamente.

Em muitos casos, isso pode ser feito remotamente, sem a necessidade do envio de equipes ao local do incidente. Isso tem um efeito brutal no sentido de dar agilidade à correção de problemas. Na eventualidade de uma falha, a AES Eletropaulo é avisada automaticamente e os clientes afetados poderão receber a informação em tempo real, por SMS, e-mail ou aplicativo, sobre a falta de luz e previsão de retorno.

“Estamos investindo muito no smart grid, nas redes inteligentes, e no conjunto de ferramentas de analytics que nos ajudam a interpretar todos os dados que temos do sistema elétrico, fazendo com que possamos ter uma gestão mais eficaz das operações e dos nossos ativos”, diz Charles Lenzi, presidente da AES Eletropaulo.

Além disso, a rede inteligente também irá permitir a conexão com outras fontes de energia limpa, como a eólica e solar. Isso representa uma grande transformação em relação ao sistema tradicional, pois nesse novo cenário o cliente da AES Eletropaulo também poderá produzir energia, por meio de painéis solares, por exemplo, e utilizar energia na sua própria casa. Caso o consumo de uma determinada pessoa for menor que a sua geração, ela poderá ainda devolver à rede. Essa é a principal ideia por trás da geração distribuída, um dos direcionadores tecnológicos da AES Brasil.

O mais interessante é que este não é um projeto de um futuro distante. Pelo contrário. Ele já está sendo implementado pela AES Eletropaulo em Barueri, cidade da Grande São Paulo escolhida pela empresa para experimentar o sistema de smart grid. E o laboratório é grande: Barueri tem 250 mil habitantes, o que a torna uma das 30 maiores cidades do Brasil, com uma rede composta  de 304 km de rede primária aérea e 34 circuitos em 4 subestações.

Esta matéria pode ser encontrada no portal Inovação AES. Confira o site para ficar por dentro do que acontece no mundo da energia.

banner inovação aes

Veja também:

Conheça o ENbox: um sistema de leilão online para o emergente mercado livre de energia no Brasil

- 31 de outubro de 2017
Pedro Villaça e Leandro Nunes, criadores do Enbox.