SPONSORS:

Verbete Draft: o que é Profissional Híbrido

- 21 de novembro de 2018
Com uma visão mais sistêmica, o profissional híbrido consegue aplicar em sua área de atuação conhecimentos de outros setores.

Continuamos a série que explica as principais palavras do vocabulário dos empreendedores da nova economia. São termos e expressões que você precisa saber: seja para conhecer as novas ferramentas que vão impulsionar seus negócios ou para te ajudar a falar a mesma língua de mentores e investidores. O verbete de hoje é…

PROFISSIONAL HÍBRIDO

O que acham que é: O mesmo que profissional multitarefas ou multipotencial.

O que realmente é: Profissional Híbrido é o termo usado para designar o profissional que aplica, na área na qual é especialista, conhecimentos de outras áreas correlatas ou afins nas quais tenha entendimento, mas não necessariamente formação. Dessa forma, é um profissional que tem uma visão sistêmica do negócio, característica geralmente atribuída a CEOs. A busca pelo conhecimento pode ser feita por meio de aprendizagem por conta própria, cursos livres, EAD, especializações, MBA etc. Mas pode envolver também o comparecimento a eventos, palestras e workshops, por exemplo. Segundo Ludymila Pimenta, fundadora do RHlab, laboratório de inovação em novas tendências e metodologias para a área de Recursos Humanos, esse tipo de profissional integra múltiplas perspectivas na função ou na atividade que exerce e tem real potencial para conectar pontos de outras áreas de maneira que uma nova surja. “O Profissional Híbrido parte da capacidade comportamental de combinar vários elementos. Nesse mesmo sentido, as funções híbridas são pontos de interseção de conhecimentos”, diz ela.

Para Lincoln Firoozmand, coordenador da pós-graduação da FAAP em Gestão de Pessoas: desenvolvimento estratégico do capital humano, o conhecimento plural do Profissional Híbrido permite que sua visão do negócio seja mais completa, beneficiando tanto sua área de atuação quanto as demais. “Assim, ele contribui, inclusive, no crescimento da empresa como um todo.” Vale frisar que o profissional multitarefa é aquele que exerce mais de uma função em uma empresa. Já o profissional multipotencial, de acordo com Pimenta, atua em diferentes profissões ou tem carreiras distintas. “É o caso, por exemplo, do goleiro da Islândia Hannes Þór Halldórsson, que também é diretor profissional de cinema.

Quem inventou: Não há. É uma demanda do mercado.

Quando foi inventado: Não há uma data, mas a prática vem ganhando força nos últimos anos.

Para que serve: Para o profissional, é uma forma de crescer na carreira, especialmente se o interesse é tornar-se um CEO ou adquirir conteúdo e experiência que o permitam empreender por conta própria. Para a empresa, os ganhos se refletem em produtividade, inovação e competitividade. Pimenta diz que o Profissional Híbrido torna-se um conector de perspectivas internas e externas, principalmente pela habilidade de aprender. “Ele consegue propor soluções mais aderentes, uma vez que possui visão sob o ponto de vista de diversas áreas e conhecimentos. Um outro benefício é que consegue fazer ‘as peças se encaixarem’ e inter-relacionar o trabalho com equipes diferentes”, fala a fundadora do RHlab. Para Firoozmand, o Profissional Híbrido tem exercido um papel fundamental no planejamento e na execução das decisões do mundo corporativo: “Ele consegue agilizar os processos da empresa, otimizando tempo e produtividade”.

Quem usa: Formalmente, não existem tipos específicos de empresas que buscam por Profissionais Híbridos, embora esse tipo de profissional tenha mais espaço para desenvolver seu potencial em ambientes que acreditam em inovação.

Efeitos colaterais: Falta de especialização em mais de um assunto, caso haja essa demanda, e deixar em segundo lado a atualização na área em que é especialista. Para Pimenta, a falta de expertise, caso solicitada, pode impactar negativamente o desempenho do profissional. “Um outro ponto negativo é que o Profissional Híbrido deixe de lado a especialização e se torne um generalista”, afirma. Na mesma linha, Firoozmand fala que o Profissional Híbrido precisa estar atento para que tenha muito conhecimento, mas apenas de forma superficial. “Ou seja, sabe-se e conhece-se de tudo, mas de maneira muito rasa.”

Quem é contra: Organizações muito hierarquizadas, nas quais as funções precisam se manter tradicionalmente estaques.

Para saber mais:
1) Assista, no canal do YouTube da Exame, ao vídeo Você sabe o que é um profissional híbrido? Ele está na moda, com a Denise Bojikian, especialista do Vagas.com.
2) Leia, no Portal Administradores, Características do profissional híbrido. O post elenca algumas características comuns a esse tipo de profissional.

Veja também:

Inovação e parcerias com startups: é assim que, aos 92 anos, o Grupo Fleury realiza diagnósticos mais precisos

- 13 de dezembro de 2018
749 0 0