SPONSORS:

Verbete Draft: o que é Thinking Environment

- 31 de outubro de 2018
A metodologia é utilizada em grupos para promover trocas mais autênticas, incentivando, assim, a geração de novas ideias e a remoção de bloqueios.

Continuamos a série que explica as principais palavras do vocabulário dos empreendedores da nova economia. São termos e expressões que você precisa saber: seja para conhecer as novas ferramentas que vão impulsionar seus negócios ou para te ajudar a falar a mesma língua de mentores e investidores. O verbete de hoje é…

THINKING ENVIRONMENT

O que acham que é: Um movimento de preservação do meio ambiente.

O que realmente é: Thinking Environment é uma metodologia utilizada por práticas de coaching, facilitação de processos educacionais ou situações profissionais que permite a criação de um ambiente de apreciação e respeito entre as pessoas. O propósito é a geração de novas ideias, remoção de bloqueios de pensamento, investigação de possibilidades e tomada de decisões. Na base da metodologia está a substituição de pressupostos limitadores por outros considerados libertadores, os chamados Ten Components of a Thinking Environment. São eles: atenção, igualdade, leveza, apreciação, encorajamento, sentimentos, informação, diversidade, perguntas incisivas e lugar.

Primeira facilitadora certificada a ministrar cursos da metodologia no Brasil e sócia da Munzner, segmento da Virtus Desenvolvimento Integral (consultoria e facilitação de Thinking Environment), Ana Lúcia Münzner diz que, apesar de cada componente ser valioso individualmente, é o conjunto dos dez trabalhando simultaneamente que faz o processo ter impacto transformador. “Criar um Thinking Environment é entrar em um nível de atenção e escuta criativa que libera insights rapidamente e leva as pessoas a encontrarem soluções mais profundas e verdadeiras.” Segundo a facilitadora criativa Marcelle Xavier, o Thinking Environment fundamenta-se em uma visão filosófica positiva de que o ser humano é capaz de pensar sobre qualquer coisa, e isso só não acontece na presença de crenças limitantes. “Logo, a melhor forma de liberar a mente humana é criar ambientes onde possamos pensar de forma independente e criativa”, diz.

Quem inventou: A coach e facilitadora inglesa Nancy Kline, fundadora da empresa internacional de desenvolvimento e coaching de liderança Time to Think.

Quando foi inventado: Em 1984.

Para que serve: Para promover interações em grupos, seja dentro de empresas, escolas, ONGs etc. De acordo com Münzner, o Thinking Environment é procurado por empresas que buscam trocas mais autênticas em equipes de alta performance, trabalhando principalmente a alta liderança. “Há também aplicações para apresentações, entrevistas e resolução de conflitos, principalmente, quando há dificuldades em acolher a diversidade.”

Quem usa: Empresas como Shell, Pfizer, BBC, Johnson & Johnson, The Standard e o Bank of South Africa.

Efeitos colaterais: Possíveis demissões em função de novas percepções e sensação de desconforto. Münzner diz que líderes conscientes apoiam o processo por preferirem funcionários que realmente se identificam com a cultura da empresa. “Outros, no entanto, podem achar difícil ter que lidar com a rotatividade da equipe.” Xavier, por sua vez, conta que, por se diferenciar do modelo de pensamento habitual, o método pode gerar desconforto e dificuldades. “Por isso, a melhor forma de utilizar o Thinking Environment é através de um convite explícito e de regras claras para navegar em um modo de ser, pensar e agir novo”, afirma a facilitadora.

Quem é contra: Pessoas que não queiram mudar. “Quem não quer olhar para si, reconhecer a si mesmo e suas sombras, tem receio de encarar e prefere negar os conflitos, ou seja, tem ainda muito medo e necessidade de controle. Essa pessoa não se adapta a uma cultura de Thinking Environment”, fala Münzner.

Para saber mais:
1) Assista, no YouTube, ao vídeo Thinking Environment. A metodologia (e seus componentes) são explicados em cerca de sete minutos, com ilustrações.

2) Assista, no YouTube, ao vídeo Como Criar os Melhores Pensamentos, em que o coach e especialista em Thinking Environment Steffen Münzner fala sobre o método.

Veja também: