SPONSORS:

“As lojas passam a ser uma experiência da marca”

- 14 de março de 2019

No vídeo acima, Artur Grynbaum, CEO do Grupo Boticário, fala sobre o futuro do varejo. Ele diz que a questão do fim das lojas é discutida há muito tempo. “Ainda em 1999, quando veio a internet, as pessoas me perguntavam se eu não estava nervoso. Eu respondia não, porque acredito que cada canal tem o seu papel.”

Ele conta que as lojas sempre foram um ponto de busca de produtos, mas neste novo momento elas passam a ser uma experiência da marca para o consumidor. “Em regiões mais ermas do país, o modelo tradicional ainda vai continuar, mas em capitais, a loja ganha o papel de point of trust. Ou seja, o consumidor pode comprar em qualquer canal, mas sabe que pode ir até a loja fazer uma troca de tamanho, de cor etc. Isso ganha muita relevância nessa equação”, afirma o CEO.

O executivo, que conversou no vídeo anterior com o publisher do Draft, Adriano Silva, sobre como manter a inovação dentro de uma grande empresa, ainda diz que, a partir dessa perspectiva, o modo de atender o consumidor também muda e as estratégias para satisfazê-lo por meio dos diferentes canais também.

Play pra ver mais!

Veja também:

“Sou um vendedor. Nada me fascina mais do que o contato com o cliente. Se pudesse, só faria isso”

- 28 de fevereiro de 2019

A DataRisk é como uma “bola de cristal” que prevê o comportamento do consumidor online

- 26 de fevereiro de 2019

Verbete Draft: o que é Co-browsing

- 20 de fevereiro de 2019
765 1 0