SPONSORS:

“Ter uma piração sua validada publicamente é incrível”

- 3 de setembro de 2015

1365 Total Views 1 Views Today

Neste último vídeo da série com Diana Assennato, 32, empreendedora premiada com sua startup o Arco (hoje fechada), ela abre o coração e fala sobre seus melhores momentos com o negócio.

Ela lembra com carinho da consagração do Arco com o prêmio da revista Info. “Éramos a única startup formada essencialmente por mulheres. Na ocasião, chamamos a atenção não só para o produto, mas também para um novo perfil de startupeiro”, diz.

Outro ponto trazido por Diana diz respeito à criação de uma rede “polinizadora”, como ela define o produto final do processo de formação de público do negócio. “Entendemos que estávamos criando um senso de comunidade”, fala.

O primeiro investidor, a capa da revista Proxxima, entre outros acontecimentos marcantes são lembrados por ela neste vídeo. “O Arco me ensinou que empreender não deve ser seu objetivo final, mas sim o caminho”, diz.

Play pra ver mais!

 

 

1366 Total Views 2 Views Today
Veja também:

Como o Inova Maranhão quer fazer o estado se tornar um polo de empreendedorismo e inovação

- 19 de fevereiro de 2019

Não é só coworking: como o Guaja, em BH, ramificou-se em novos negócios com criatividade e gestão familiar

- 31 de janeiro de 2019

Já imaginou um coworking voltado aos games independentes? Conheça a Indie Warehouse, em Brasília

- 9 de janeiro de 2019

Como a rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, em São Paulo, se transformou em um polo da economia criativa

- 23 de julho de 2018