A Instanteaser é uma ferramenta de produção de vídeos curtos para marcas

- 19 de maio de 2017
intanteaser

Nome:
The Instanteaser Company.

O que faz:
Desenvolve vídeos em motion design de 15 segundos e 30 segundos com foco em engajamento e conversão nas redes sociais de marcas e empresas.

Que problema resolve:
Segundo os sócios, a intenção é oferecer uma produção de conteúdo para marcas com uma linguagem própria, ágil e em escala.

O que a torna especial:
A empresa investe em tecnologias em duas frentes, na gerência de projetos e na produção dos instanteasers. Esse formato possibilita escalar a produção e reduzir o preço do seu vídeos.

Modelo de negócio:
Há planos mensais de 1, 3, 5 ou 10 Instanteasers de 15 ou 30 segundos por mês, e conforme o volume ou o período de contrato cresce, o valor reduz.

Fundação:
2016

Sócios:
Bernardo Landeira
Doug Clayton
Combone Wesley

Perfil dos fundadores:

Bernardo Landeira — 33 anos, Rio de Janeiro (RJ) — formado em Design pela PUC-Rio. É responsável por realizar projetos online para empresas como LG, Uber, Infoglobo, Trosseau e Rádio Ibiza.

Doug Clayton — 33 anos, Londres (Inglaterra) — foi co-fundador da Filme Ibiza, braço audiovisual da Rádio Ibiza. Criou campanhas de marcas como Master Card, Cantão, Rider, Animale, Farm, Foxton e teve seu fashion film autoral, Get High on Rock n’ Roll, premiado no International Fashion Film Awards na Califórnia.

Combone Wesley — 30 anos, Duque de Caxias (RJ) – é artística plástico com exposições em Portugal e Nova Iorque e motion designer responsável pela criação da personagem Sebastiana Quebra-Galho, do Canal Futura.

Como surgiu:
Em 2016, os amigos quando Doug, Bernardo e Combone identificaram a falta de empresas que produzissem anúncios em vídeo, com alta qualidade, específico para o meio digital e que tivessem agilidade e bom custo-benefício. O trio já trabalhava junto em outros projetos audiovisuais, quando em uma conversa, surgiu a ideia. Em dois meses, criaram o modelo de negócio, site e tabela de preços. Na fase beta do produto, procuraram empresas de pessoas próximas que validaram o modelo de negócio, e quando comprovaram a escalabilidade sem comprometer a qualidade, levaram para o mercado.

Estágio atual:
A empresa possui um escritório no Centro do Rio de Janeiro. Hoje possui mais de 20 clientes mensais.

Aceleração:
Não teve.

Investimento recebido:
Investimento próprio de aproximadamente 200 mil reais.

Necessidade de investimento:
A primeira rodada de investimento externo está planejada para o final de 2017 ou início de 2018, quando a empresa buscará buscamos aproximadamente 1,5 milhão de reais.

Mercado e concorrentes:
“O mercado publicitário está em um momento de reinvenção pelo surgimento de dezenas novas mídias no ambiente digital. Somos uma ferramenta para que as marcas consigam se comunicar nas mídias sociais tendo resultados ainda mais significativos do que tinham nas mídias tradicionais”, diz Douglas. Há dois perfis de concorrentes, segundo ele: produtoras tradicionais, sites/aplicativos (a Chili Gum é um deles).

Maiores desafios:
“Consolidar a posição como pioneiros nesse formato de produção de vídeos para web e manter a qualidade conforme ganha escala”, de acordo com Douglas.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Já atingido.

Visão de futuro:
“A The Instanteaser Company quer ser referência mundial na produção de vídeos para web e ajudar a escrever o novo capítulo na história do mercado publicitário digital”, segundo Douglas.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para mentoria@projetodraft.com e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

Veja também:

Social Docs, uma produtora especializada em contar a história de projetos sociais

- 17 de julho de 2017
Marcelo e Henry têm cada um uma produtora, mas se associaram para criar a Social Docs, especializada em negócios não lucrativos.

Verbete Draft: o que é OTT

- 12 de julho de 2017
Assistir filmes e séries por streaming já não é novidade. Entenda como isso afeta o mercado (imagem: reprodução Yourstory).

Como funciona a Escola de Notícias, que ensina comunicação – e cidadania – para jovens da periferia

- 9 de janeiro de 2017
Acima, o conselho consultivo da Escola de Notícias, que é formado por ex-alunos e gestores.

Na Stayfilm, a saída de um sócio, a expansão internacional e a paternidade mudaram tudo

- 27 de outubro de 2016
Douglas e Daniel, fundadores da Stayfilm, em Londres. A startup opera lá graças a um incentivo do governo local.