A Juntar Juntos quer ajudar estudantes a transformarem seus projetos em negócios

- 19 de julho de 2017
juntar_juntos

Nome:
Juntar Juntos

O que faz:
É uma plataforma de crowdfunding focada em projetos acadêmicos.

Que problema resolve:
A proposta é ajudar estudantes dos ensinos técnico e universitário a tirarem seus projetos do papel por meio do financiamento coletivo.

O que a torna especial:
Os usuários podem realizar negócios entre si ou com parceiros da plataforma, divulgar seus produtos e serviços em uma vitrine virtual e se comunicar com os interessados nos seus projetos através de um chat.

Modelo de negócio:
É cobrada uma taxa de 15% sobre o valor arrecadado nos projetos bem-sucedidos.

Fundação:
Junho de 2015.

Sócios:
Verinaldo Dantas — Cofundador e CEO
Carina C. S. Neves — Cofundadora e Diretora Comercial

Perfil dos fundadores:

Verinaldo Dantas — 43 anos, Taquarana (AL) — é formado em Informática para Negócios pela Northern Virginia Community College. Trabalhou na área em empresas como a Transauto, Wilson Sons, Tomé Engenharia e Grupo Legrand. Foi sócio-fundador da Transinterlog, Transtrue e Translote.

Carina C. S. Neves — 35 anos, Belo Horizonte (MG) — é formada em Letras e Pedagogia pela UFMG e USP, respectivamente.  Atuou no departamento comercial de empresas como Vivara, Monte Carlos Joias e Cyrela.

Como surgiu:
A ideia surgiu quando Verinaldo encontrou dificuldades para financiar o próprio projeto, uma mochila capaz de carregar a bateria do celular através de energia solar. Ele chegou a tentar arrecadar fundos em plataformas convencionais de crowdfunding, mas não obteve sucesso, a seu ver, por nenhuma delas ser especializada em produtos tecnológicos ou em apoiar projetos acadêmicos.

Estágio atual:
A plataforma conta com dois mil usuários e acaba de firmar uma parceria com o Centro Paula de Souza, responsável por todas as ETECs e FATECs de São Paulo.

Aceleração:
Não teve.

Investimento recebido:
Foram investidos 25 mil reais, de economias pessoais dos dois sócios.

Necessidade de investimento:
A Juntar Juntos busca 100 mil reais de investimento em troca de 20% de participação na startup. A ideia é usar o valor para promover a plataforma, melhorar a infraestrutura e criar uma equipe de vendas para a captação de novos parceiros.

Mercado e concorrentes:
“Em um país como o Brasil, em que a base de estudantes no ensino superior e técnico chega a sete milhões e só cresce, temos um grande e promissor mercado para explorar e continuar a crescer”, diz o fundador. Ele afirma que apesar de não focarem no mesmo público, seus dois maiores concorrentes são o Catarse e o Kickante.

Maiores desafios:
“Formar uma base de usuários técnicos e de apoio e quebrar o paradigma de que projetos acadêmicos são apenas teóricos”, diz Verinaldo.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Primeiro semestre de 2018.

Visão de futuro:
“Nossa meta é terminar o ano com uma base de 200 a 500 mil usuários e estar presente nas maiores entidades de ensino do país”, afirma o CEO.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para mentoria@projetodraft.com e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

Veja também: