SPONSORS:

A Carflix conecta vendedores a compradores de veículos seminovos

- 9 de julho de 2018

Nome:
Carflix.

O que faz:
É uma plataforma para compra e venda de veículos seminovos.

Que problema resolve:
Traz segurança e menos burocracia a este processo.

O que a torna especial:
Segundo o fundador, a startup realiza uma avaliação de 130 itens do carro antes da venda, dá garantia de um ano ao comprador e se responsabiliza por todos os anúncio, negociação, demostração do automóvel e questões documentais.

Modelo de negócio:
O negócio lucra com uma taxa de 4,9% sobre o preço do veículo vendido.

Fundação:
Agosto de 2017.

Sócio:
Fabio Pinto — fundador e CEO

Perfil do fundador:

Fabio Pinto — 44 anos, São Paulo (SP) — é formado em Administração pela FGV. Trabalhou na Ambev e foi COO do grupo de concessionárias SHC.

Como surgiu:
Fabio conta que sempre viu muita dificuldade no processo de venda de carros usados. “Usando a experiência adquirida no mercado automobilístico e o surgimento de marketplaces de carros nesta área em mercados maduros, achei que era o momento de fazer algo inovador no Brasil”, diz ele.

Estágio atual:
Tem sede em Sã Paulo, conta com um estoque de mais de 80 carros e já intermediou cerca de 30 vendas.

Aceleração:
Está em busca de aceleração.

Investimento recebido:
O fundador investiu 150 mil reais de recursos próprios na startup.

Necessidade de investimento:
O empreendedor ainda avalia a necessidade de novos investimentos.

Mercado e concorrentes:
“A proporção de carros usados para novos cresceu muito e deve continuar alta nos próximos anos. A diminuição de margens nesse mercado abre uma excelente oportunidade para modelos de negócios que sejam enxutos e não funcionem a base de showrooms, mas com tecnologia”, afirma Fabio. Ele cita como concorrentes a Volanty, a 123carros e a Instacarro.

Maiores desafios:
“Mudar a cultura de compra e venda de carros usados (que ainda associa o processo à existência de uma loja física), automatizar processos e atendimento para nos tornarmos menos dependentes da atuação humana e deixar a maior parte do processo online”, conta o CEO.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Outubro de 2018.

Visão de futuro:
“Substituir as concessionárias de veículos e lojistas para quem não quer vender seu carro diretamente”, fala Fabio.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Veja também: