SPONSORS:

A Numenu leva serviço de bordo para carros de aplicativos

- 26 de novembro de 2018

Nome:
Numenu.

O que faz:
Leva serviço de bordo para carros de aplicativos com a venda de cabos de celulares, chicletes, balas, amendoim etc.

Que problema resolve:
Para os motoristas é uma forma de gerar uma renda extra. Para os passageiros, promove maior conforto nas viagens.

O que a torna especial:
Segundo os fundadores, a startup possui parcerias exclusivas com grandes indústrias do varejo.

Modelo de negócio:
O principal modelo de negócio é pela compra e venda de produtos durante a viagem (similar ao serviço de bordo nos aviões). A Numenu fica com 75% do valor dos itens vendidos e os motoristas com o restante. Além disso, o negócio estuda mapear dados do perfil de consumidor e ser uma plataforma de lançamentos (sampling).

Fundação:
Julho de 2017.

Sócios:
Sebastian Lucca de Assis Netto — Fundador e CEO
Rafael Ribeiro de Freitas — Fundador e CCO
Felipe Moura Lopes — Fundador e CTO
Hector Aguilera — Investidor-anjo
André Pires — Investidor-anjo
Bossa Nova Investimento — Investidor

Perfil dos fundadores:

Sebastian Lucca de Assis Neto — 27 anos, Guarulhos (SP) — é formado em Engenharia Civil pela UNIP. Trabalhou na Tecnisa e na CAPPINI.

Rafael Ribeiro de Freitas — 28 anos, Itajubá (MG) — é formado em Economia pela PUC. Trabalhou na Usiminas e na JLT. Fundou o Luk.

Felipe Moura Lopes — 27 anos, Guarulhos (SP) — é formado em Sistema de Informação pela Universidade Mogi das Cruzes. Fundou a Storm-up.

Como surgiu:
Rafael percebeu que, como muitas pessoas pararam de adquirir carros para usar apps de transporte, consequentemente, também deixaram de frequentar as lojas de conveniência dos postos. A partir dessa reflexão, ele diz que pensou em vender os itens encontrados nesses estabelecimentos dentro dos próprios veículos. Chamou os sócios para ajudar na modelagem do negócio, que foi validado usando mais de cinco formas de “vitrine” antes de começar a operar. O sistema funciona assim: para o passageiro sacar uma amostra grátis ou comprar um produto é necessário acessar o site da startup e entrar no estoque do motorista com o código de identificação.

Estágio atual:
A Numenu conta com mais de 300 motoristas com kits de produtos instalados em São Paulo, já realizou mais de 700 vendas e distribuiu 7 mil amostras grátis. A empresa possui sede em Pinheiros, na zona oeste da capital paulista, onde armazena o estoque, recebe os motoristas, realiza as instalações e reabastecimentos dos kits. São quatro funcionários trabalhando em tempo integral, além de três freelancers.

Aceleração:
O negócio está sendo acelerados pela Liga Ventures.

Investimento recebido:
Os sócios investiram 20 mil reais de recursos próprios para validar as primeiras hipóteses e, depois, captaram 120 mil reais dos investidores.

Necessidade de investimento:
Os empreendedores estão com uma rodada aberta de 650 a 800 mil reais para a expansão no mercado paulistano. A meta é atingir, em cinco meses, 5 mil carros com o kit instalado, testar novas praças e montar equipe.

Mercado e concorrentes:
“No Brasil há mais de 500 mil motoristas de aplicativos, sendo 150 mil apenas em São Paulo, cidade com maior número de corridas de Uber no mundo. Paralelo a isso, o setor de conveniência cresceu 17% acima da média do varejo”, fala Sebastian. Ele indica como concorrente diretos o Zuppitos e o CarGo (EUA). Já entre os indiretos, cita: Minuto Pão de Açúcar, Carrefour Express, AmPm e Shell Select.

Maiores desafios:
O CEO aponta como maior desafio a captação de investimento para despertar interesse pelo serviço e, depois, focar no faturamento.

Faturamento:
1.200 reais (previsão para este mês).

Previsão de break-even:
Segundo semestre de 2020.

Visão de futuro:
“Vamos transformar a experiência de compra levando ‘mini-conveniências’ para qualquer lugar que circulam pessoas”, diz Sebastian.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Veja também:

Não é fácil: a moObie investe alto para fazer o compartilhamento de carros “peer to peer” acontecer

- 18 de outubro de 2018
4735 0 0