SPONSORS:

Epitrack, a startup recifense que irá representar o Brasil no The Venture Global

- 21 de dezembro de 2015
A dissertação de mestrado de Onício em Saúde Pública deu origem à empresa

 

Apresentar soluções criativas e economicamente viáveis que gerem impacto positivo para a sociedade. Este era o desafio dos concorrentes do The Venture Brasil. Promovida por Chivas Regal, a etapa brasileira da competição de empreendedorismo social mobilizou startups e chegou ao fim nesta quinta, 17. Uma festa em São Paulo serviu para marcar o encerramento e anunciar o grande vencedor: a Epitrack, empresa pernambucana responsável por criar uma plataforma participativa para controle de epidemias. Com a vitória, a Epitrack brigará agora com outras startups por uma fatia do prêmio de US$ 1 milhão em jogo no The Venture global, em 2016.

A solução da Epitrack funciona com colaboração dos usuários, que descrevem e publicam seus sintomas na ferramenta. Uma solução especialmente bem-vinda num momento em que Pernambuco e o Brasil enfrentam uma grave crise de saúde com centenas de casos de microcefalia associados ao vírus zika, transmitido pelo Aedes aegypti. Uma situação que a plataforma do Epitrack, pode, talvez, ajudar a evitar que se repita no futuro. “Plataformas de crowdsourcing podem antecipar em até duas semanas o aparecimento de algum surto ou epidemia”, diz o sócio fundador, o biomédico Onício Leal, de 28 anos.

A Epitrack atraiu a atenção do Skoll Global Threats Fund, que destina recursos a empreendedores capazes de enfrentar ameaças globais. Capitaneado por Jeffrey Skoll, a entidade (baseada em São Francisco) incumbiu a startup de desenvolver a plataforma Guardiões da Saúde, que será doada ao Ministério da Saúde brasileiro. “Com o Vale do Silício no quintal, por que foram procurar uma startup do Recife?”, questiona Onício. Ele responde: “Porque o nosso time é um misto de desenvolvedores, designers e epidemiologistas. Conseguimos trafegar muito bem entre a área tecnológica e a área de saúde pública.”

Onício terá a chance de fazer um curso na Singularity University, da NASA, e disputar com outros 15 empreendedores de ponta uma fatia do prêmio de US$ 1 milhão – parte do prêmio é alocada por meio de um crowdfunding. Ele segue os passos de Guilherme Lichand, da MGov, representante brasileiro na última edição global do The Venture, no primeiro semestre de 2015. Um dos pontos altos da experiência é a Semana de Aceleração. “Foi uma vivência espetacular de Vale do Silício”, diz Guilherme. “Fizemos coaching com o time do TED Fellows (das conferências TED), fomos treinados no preparo dos pitchs com o pessoal da Duarte (empresa de apresentações persuasivas), fomos ao campus do Google, tivemos palestra com a COO da Evernote…”

Com o lema “Vença do Jeito Certo”, The Venture é um projeto apoiado pelo whisky Chivas Regal. O objetivo é descobrir e recompensar aqueles que acreditam no poder que os negócios têm para um mundo melhor. Fique ligado! Para saber mais sobre o projeto, acesse www.theventure.com.

5828 Total Views 2 Views Today
Veja também:

A Sitawi Finanças do Bem mobiliza capital para investimento em organizações e negócios de impacto

- 30 de julho de 2019

Uma editora orgulhosamente periférica: a LiteraRUA dá voz a quem vive e escreve nas bordas de São Paulo

- 15 de julho de 2019